Chove – poema de Jussara N Rezende

Chove – poema de Jussara N Rezende

Um poeminha que brinca com as ideias de “fora” e “dentro”, de “choro” e “chuva”.

A janela, perto da qual se encontra uma silhueta feminina, faz supor o interior que se opõe à chuva (uma casa), mas a própria ideia do choro e o uso da expressão “lamento”, no verso final, indicam que a interioridade a que os versos se referem vai além do espaço físico no qual o eu-lírico se encontra, apontando, mais propriamente, para a subjetividade do ser que enuncia os versos.

.

.
Beijo&Carinho,
.
.


14 thoughts on “Chove – poema de Jussara N Rezende”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *