Chove - poema de Jussara N Rezende

quarta-feira, janeiro 04, 2017 Jussara Neves Rezende 14 Comments



Beijo&Carinho,

Jussara

14 comentários:

  1. Bom dia Jussara,
    Que poema magnífico, introspectivo.
    Adorei!
    Obrigada pela sua visita.
    Um beijinho.
    Ailime

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Ailime! Volte sempre. Obrigada!

      Excluir
  2. Ju, querida, como tem passado?

    Espero que bem! Achei o poema, como direi? ... musical (refiro-me à cadência dos versos). Mas eles expressam dor, uma dor silenciosa? rsrs.

    Um beijo e obrigada por me fazer saber que você fez e gostou da torta de bacalhau!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siimmm... acho que a dor é que nos move nesse imenso e belo pântano em que vivemos... obrigada, Marly!

      Excluir
  3. Gostei muito da junção da bela escrita e da imagem escolhida!
    Sensível e harmônico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você sempre observa a harmonia entre imagem e texto... isso me deixa bem feliz, pois penso muito para escolher as imagens... obrigada!

      Excluir
  4. Nossa Jussara, que beleza de poema!
    Me lembra um misto de haikai e poesia modernista....
    Estou voltando de férias, muito animada para o ano que se inicia.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Cris, que bom que gostou! Estou em falta com a leitura do "Mulheres em Círculo"... breve apareço... abraço!

      Excluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!