Andre Kokn, pintor da chuva

Andre Kokn, pintor da chuva

Criado num ambiente que mesclou cultura e talento, o artista plástico russo, Andre Kokn, é hoje um dos pintores mais colecionados do impressionismo figurativo na cena artística norte-americana. Sua mãe, uma violinista sinfônica, e seu pai, um notável linguista, escritor e escultor, garantiram-lhe acesso irrestrito a todas as artes criativas.

Kokn recorda-se que sua infância foi pobre de bens materiais, mas lhe ensinou que a arte é a única riqueza verdadeira. Sua memória de infância é a de que “música e arte estavam em toda parte”. Estudou arte em Moscou e recebeu convites para exposições na Europa para onde ainda hoje viaja, eventualmente, para se inspirar e continuar seus estudos. Mora no Arizona e é representado pelas principais galerias de arte dos Estados Unidos.

O que ele procura com sua arte? A sua própria “interpretação poética do mundo”, diz ele que tem especial predileção pelo tema da chuva – tema que também amo e que foi, justamente, o que me levou a descobrir esse artista.

Observe, nas imagens abaixo, as variações sobre o mesmo assunto que ele executa magistralmente. Há inclinações no guarda-chuva, no movimento das pernas, mudanças no comprimento do vestido, mas permanecem as cores branca e vermelha, mesmo quando o guarda-chuva é substituído por um chapéu (na última foto):

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

8
8
8

Gosto de todas as telas,  nas quais percebo muita poesia, mas especialmente da primeira, na qual  a posição do joelho sugere uma determinação que nenhuma chuva é capaz de impedir.

Com essa determinação se casa a paixão expressa pela cor vermelha e que o contraste com o branco faz destacar.

8
8

Crédito das imagens: aqui

Fonte de pesquisa: aqui
8
8
Beijo&Carinho,
8
8


27 thoughts on “Andre Kokn, pintor da chuva”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *