As leitoras de Vladimir Volegov

As leitoras de Vladimir Volegov

É impressionante a capacidade de Vladimir Volegov, artista plástico nascido no interior da Rússia, de retratar a figura humana. A época em que perambulou pela Europa, ganhando dinheiro a pintar retratos nas ruas de grandes cidades como Barcelona, Berlim e Viena, foi certamente decisiva para o aprimoramento desse talento natural já notado desde a adolescência.

8
8
 
8
8

 

Sua paleta de cores vibrantes associa-se aos traços simultaneamente delicados e marcantes das figuras que retrata e o resultado disso são imagens de uma sensibilidade atemporal.

É notável sua preferência pela figura feminina e, em especial – o que despertou meu interesse por sua obra – por jovens leitoras.

 

  8

 8

 

8
8
Na seleção que apresento aqui, observe que todas as mulheres estão às voltas com um livro: a maior parte delas totalmente absorvida pela leitura, embora algumas apareçam distraídas com alguma coisa que as faz abandonar o livro.

Eu gosto especialmente da primeira tela, que retrata a leitora de vestido laranja. Toda a pintura é muito linda: o cenário é bonito, as pinceladas são perfeitas – chegam mesmo a sugerir a água nas bordas da fonte e as dobras do vestido –, a jovem é linda e parece real.

A terceira tela parece uma fotografia: a moça, de traços perfeitos, semelha estar olhando para quem procura analisá-la.

 

 

 

8
8
Não gosto muito da leitora de blusa azul de frente para o mar, pois a posição em que se encontra me parece um tanto artificial; a última, entretanto, eu amo: sua maneira de ler é a mesma com que minha filha estuda desde sempre e neste exato momento estou a sentir saudades dela.

 

Beijo&Carinho,

 

 

Observação: Mais telas de Vladimir Volegov  – e telas de outros pintores que também retratam leitores – podem ser encontradas em meu painel “Ler é uma arte”, no Pinterest. Acesse aqui.



10 thoughts on “As leitoras de Vladimir Volegov”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *