Análise de um conto em sala de aula

segunda-feira, novembro 21, 2016 Jussara Neves Rezende 2 Comments



Não me lembro se no livro A gestação do futuro ou em Da esperança, Rubem Alves diz que “escrevemos para descobrir co(n)spiradores, gente que respire o mesmo ar”. Acredito que ninguém que me lê aqui irá discordar, pois só o que fazemos hoje em dia – quando todos nos tornamos escritores, editores e críticos – é justamente procurar o acolhimento do outro, o seu penetrante olhar que nos perceba, compreenda e aceite, não é verdade?
Por isso os escritores e artistas plásticos se organizam em academias, os leitores em clubes de leitura, os artesãos em associações, os médicos em conselhos, os religiosos em concílios e os trabalhadores, de modo geral, em sindicatos. Queremos companhia.  “Por isso me exponho cruamente nas livrarias”, diz Carlos Drummond de Andrade”... “preciso de todos”. Assim é.
Por isso é tão bom o retorno quando alguém lê o que escrevemos e deixa um comentário mostrando que entendeu aquilo que pensamos transmitir  ou que pensou em algo que nem havíamos imaginado, mas que ilumina de um jeito novo aquilo que dissemos.
Por isso me alegrei tanto quando uma ex-aluna me enviou a foto de um miniconto meu, que publiquei aqui, transcrito por ela na lousa em uma aula de literatura que ela ministrava num 1º ano do Ensino Médio:


Ela propôs questões sobre o conto e deixou que os alunos pensassem sobre elas, abrindo, depois, espaço para considerações em grupo.


 Aqui o miniconto:

 Aqui as questões propostas:

Achei importante que ela tenha levantado o tópico da intertextualidade, pois sem intertextualidade o meu conto sequer existiria, pois pressupõe, antes de mais nada, a existência do conto “Branca de Neve”, dos irmãos Grimm, que todos conhecemos.

Para ler o que escrevi sobre intertextualidade, clique aqui.
Para ler o que escrevei sobre miniconto, leia aqui.
Para ver a publicação original do meu miniconto “Branca de Neve” online, clique aqui.
       (O conto foi também publicado em jornais impressos)

Beijo&Carinho,
Jussara

2 comentários:

  1. Oi Jussara,
    Em primeiro lugar, devo dizer que adorei o conto, pois não tinha lido antes. Em segundo lugar, parabéns por ele estar servindo de estudo.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Germinando e semeando (cri)atividades com literatura de qualidade!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!