Haiga e haicai

Haiga e haicai

O haicai é uma composição poética muito breve, de apenas três versos, que valoriza a concisão e a objetividade ao flagrar – como num quadro – um instante digno de nota.
Tradicionalmente se faz acompanhar de uma ilustração: um desenho simples ou uma pintura que complementa a ideia exposta no haicai. Haiga (pronuncia-se haigá) é o nome que se dá a essa imagem que ilustra o haicai.
Elisa Campos, como já mostrei aqui, costuma ilustrar os seus com fotografias capturadas com a mesma sensibilidade usada na criação de seus versos. Por isso sou mais que felizarda por possuir um de seus haicais, feito com exclusividade para mim:

boneca de pano
imóvel no
velho móvel
refaz minhas tranças

 
A haiga aqui é a fotografia de uma de minhas bonecas. Elisa havia me pedido essa imagem para ilustrar um post, mas ela acabou voltando para mim em forma de caneca. Não é linda?

Nessa outra caneca, presente também da Elisa, uma fotografia de uma das bonecas de Siu Ling Wang, das quais falei aqui. Não é muito carinho?

Nesta última imagem as duas canecas já no cantinho de minha casa onde hoje moram.

Obrigada, Elisa, pelos presentes. Obrigada pela sensibilidade de sua poesia!

Comente, comente, comente… vou amar! 
Abraço,
 Jussara Neves Rezende


20 thoughts on “Haiga e haicai”

  • Jussara,
    Conheci o Haicai aqui no seu cantinho e depois li mais sobre o Haicai no livro Vida do Paulo Leminski que tem a biografia do Bashô o criador do Haicai. Amei a caneca e o haicai que nela tem. Muito delicado o presente. Lindo mesmo. Parabéns!
    Beijos
    Adriana

  • Jussara querida, já conhecia os haicais, havia visto alguma coisas na casa de minha sogra, ela é japonesa. Mas ainda não conhecia Elisa Campos. Fui até o post anterior e me encantei com o que vi. Quanta sensibilidade! Acho que jamais conseguiria expressar tanta coia em tão poucas palavras. Lindo demais! E obrigada Jussara pela visita, adoro!
    Beijo querida e boa semana,
    Denise – dojeitode.blogspot.com

  • Sempre admirei a capacidade de síntese dos haicais, sem que se perca a inspiração poética, a profundidade, as reticências que estimulam a nossa imaginação. Infelizmente, não fui abençoada com o dom da poesia. Sou uma mera leiga nesta matéria, uma ignorante que se maravilha com a ela.
    Engraçado: a minha mente liga os haicais a desenhos em papel de arroz… foi um pequeno choque ver essas canecas. Ainda que sejam lindas.
    Beijinho, querida amiga. Infelizmente a sobrecarga de trabalho continua, não faço ideia quando conseguirei postar novamente. De qualquer forma, fico muito grata pela sua visita e carinho.
    Ruthia d'O Berço do Mundo

  • Eu lembro quando vc ensinou sobre o Haicai, aliás aqui eu sempre aprendo muito !!!

    Adorei a sua caneca. eu também tenho várias, mas as minhas são de porquinhos, srrsrs (aliás a minha estante de mini porquinhos é igualinha a sua, só que pintei de vermelho, srrsrs)

    Bjus 1000 querida e que sua semana seja maravilhosa !!!

  • Jussara:
    Antes de comentar seu post, vim de mostrar a semelhança entre a princesa Aurora e a Rapunzel: ambas passaram muito tempo isoladas do mundo e do contato humano.
    Uma porque adormeceu e a outra porque ficou trancafiada na torre.
    E eu não tô "braba" com você.
    Muito pelo contrário, fico agradecida por ter me permitido compartilhar seu post na sinopse semanal.
    Agora sobre o haicai, eu fico impressionada com quem tem a capacidade de sintetizar emoção, pensamento e sentimento em tão poucas palavras.
    Isso é um dom divino que eu não possuo.
    Bjs.:
    Sil

  • Oi, Ju,

    Acho que com os haicai a gente pode aprender um pouco sobre clareza e síntese,
    na transmissão de uma idéia, através da escrita, né? rsrs. A suas canecas são lindas,
    é preciso ser querida, para ganhar presentes assim.

    Um beijo

  • É muita emoção querida Jussara. A minha voz ficou embargada outra vez, pois não mereço tanto carinho assim. É você querida amiga (doutora em literatura) quem merece todo carinho do mundo. A sua sensibilidade e habilidade em descrever a arte do haikai me deixou muito feliz. Sempre digo que (eu como aprendiz) é que aprendo com você. Suas postagens de rica e rara beleza sempre me encantam. Fico sempre maravilhada com os seus cantinhos da casa tão delicadamente arrumados. Adorei ver as canecas aí . Que bom que gostou (quem faz as estampas é minha sobrinha Iara). Muitooo Obrigaaadaaaaa. Dias sempre de luz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *