As leitoras de Francine Van Hove

As leitoras de Francine Van Hove

Francine Van Hove é uma pintora francesa contemporânea, nascida em 1942. Formada em Belas Artes, vive em Paris.

Mulheres jovens e sonhadoras são marcas registradas de sua pintura e sua técnica pictórica lembra a dos pintores renascentistas italianos, assim como a luminosidade de suas telas recorda a luz da pintura flamenga, que unifica a cena e valoriza os pormenores.

.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                                                             (Aqui, por inteiro, a tela que aparece em destaque)

 

Embora na produção plástica de Francine Van Hove a leitura não seja o único envolvimento das mulheres retratadas,  ocupa boa porcentagem dela. Reuni aqui, portanto, a fim de compartilhar com você, as telas em que é óbvio o envolvimento com os livros. Achei sublime a expressão sonhadora da primeira leitora, aquela com a maçã mordida (a pintura que mais apreciei); gostei muito também desta última imagem, que também aparece em destaque, bem como da penúltima, aquela em que a leitora é retratada com as mãos entrelaçadas, quase em atitude de oração. Ela parece vestir um roupão e um cacho encaracolado escapa de seus cabelos.

E você, de qual delas gostou mais?

.

Beijo&Carinho,

.

.

Crédito das imagens e acesso a mais informações sobre a artista, assim como a outras de suas telas, aqui, aqui e aqui.

Veja aqui o que escrevi sobre as pinturas do russo Vladimir Volegov, que também retrata leitoras.

Mais pinturas de leitores, aqui.

 



4 thoughts on “As leitoras de Francine Van Hove”

  • Adorei conhecer tão delicadas obras!
    Outra grande indicação sua.
    Gostei mais da segunda pintura ( a mulher segurando a vasilha enquanto apoia o livro com o cotovelo), pois me transmite um daqueles momentos em que estamos tão completamente mergulhados nas letras que não temos consciência de como está nosso corpo.

  • Oi, Ju,

    Eu desconhecia esta artista (e olha que – ao longo da vida – eu tenho tido muito interesse pelas artes plásticas). Mas amei o trabalho dela! Embora todas estas obras sejam realmente maravilhosas, eu gostei mais da penúltima, a da moça com ‘roupão’ claro e os dedos entrelaçados, tocando os lábios. Esta pintura realmente evoca as obras dos renascentistas e a luz que ilumina a mulher lembrou-me a dos trabalhos de Johannes Vermeer.

    Um beijo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *