O uso do travessão em vez de vírgulas

O uso do travessão em vez de vírgulas

Em um texto longo, em que você precisa usar muitas vezes a vírgula, usar travessões pode ser uma opção interessante, pois mostra que você domina diferentes formas de se expressar por escrito. Além disso, o uso dos travessões, onde seriam usadas vírgulas, pode facilitar o entendimento de uma frase, ressaltar algum aspecto importante ou, simplesmente, promover uma ligeira mudança visual no texto, o que agrada o leitor por tirá-lo, subitamente, da mesmice.

Por exemplo:

“Ao escrever, você é o autor e deve pensar com cuidado em que palavras utilizar na construção de seu texto para – através dele – convencer seu leitor de que o seu raciocínio está correto.”

Veja que os travessões aparecem exatamente onde as vírgulas seriam colocadas, mas justamente porque não são vírgulas, ressaltam a expressão que fica entre eles. No caso, o fato de ser através dele (do texto) que você, como autor, conseguirá convencer o seu leitor.

Outra frase:

“Preparado, então, para aprender a usar corretamente a vírgula e – imediatamente –  melhorar seus textos?”

O fato de a palavra “imediatamente” estar entre travessões a valoriza no texto, não só pela diversificação visual que provoca, mas, também, por intensificar seu sentido, facilitando o entendimento.

 

 

Beijo&Carinho,

 

 

 

REFERÊNCIAS

CEGALLA, Domingos Paschoal. Sinais de pontuação. In: Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. 31ª ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1989, p. 62-71.

 



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *