Pousadas românticas

sexta-feira, junho 05, 2015 Jussara Neves Rezende 52 Comments


A história a seguir é verídica por menos crível que possa parecer.
Pouco depois de um Dia dos Namorados as balconistas de uma certa loja conversavam entre si sobre como haviam comemorado a data. Uma delas, solteira, que há muito passou dos cinquenta – e que para disfarçar a inexistência de um relacionamento amoroso apregoa entre as amigas que namora um sujeito de outro Estado – contou que ela e o “namorado” (a quem ninguém nunca viu) escolheram um “chalé encravado na montanha” de “uma das pousadas mais românticas” que já vira na vida.
Como ninguém ignora que esse namoro não passa de ficção, uma das colegas, fingindo um interesse verdadeiro pela localização da tal hospedaria, perguntou em qual cidade ficava e qual o nome da pousada.
Parece-me que ela até citou uma cidade turística onde chalés encravados na montanha são possíveis, mas infelizmente foi incapaz de se “lembrar” do nome do tal hotel, o que apenas tornou mais inacreditável aos ouvidos das amigas o encontro citado, pois lhes pareceu – e a mim também parece – bastante estranho esquecer com tamanha rapidez o nome de um lugar assim especial.
Lembrei-me imediatamente desse evento ao ler sobre os hotéis e pousadas românticas de Santo Antônio do Pinhal no site Roteiro de Turismo, pois a cidade é tão encantadora e as pousadas tão inesquecíveis que bem poderiam ser citadas para completar a historieta romântica imaginada por essa balconista que, segundo entendo, bem melhor faria se deixasse de se preocupar em dar satisfações sobre a própria vida.


Para aqueles que desejam fazer uma viagem tranquila, para relaxar e estar em contato com as montanhas da Serra da Mantiqueira, o destino é certo: Santo Antônio do Pinhal.


Essa cidade fica a cerca de 180 km de São Paulo* – e do sul de Minas, onde vivo – e, além de ser procurada pela natureza privilegiada, é também visitada por estar pertinho de Campos do Jordão, mas com preços bem mais acessíveis em pousadas e serviços de qualidade para os turistas.


Um dos benefícios que costumam agradar bastante, principalmente por causa do tempinho frio que é encontrado ali, é a presença de ofurôs – que se caracterizam pelo formato mais fundo e curto do que uma banheira comum.
Após passear pelos centros comerciais, conhecer belas cachoeiras e todos os outros pontos turísticos da região, tudo o que a pessoa quer é um banho relaxante num lugar no qual possa confiar. É o que garante a pousada “Jardim Suspenso da Babilônia”, localizada no bairro Boa Vista. 


Os chalés espaçosos, privativos e aconchegantes dão uma leveza ao ambiente que é equipado com lareira, TV, varanda com rede e variam nos benefícios que oferecem: alguns contam com banheiras de hidromassagem, outros com ofurô e alguns até mesmo com piscina interna aquecida. O local ainda oferece serviços de massagens terapêuticas.


Mais uma boa opção, dessa vez no bairro do Sertãozinho, é a pousada “Quinta dos Pinhais”, confortável e extremamente romântica para casais. O que realmente chama a atenção é o espaço de lazer da pousada, que inclui piscinas, lago, pomar, cavalgadas, quadra de tênis, campo de futebol e mini-golf. Além disso, se destaca pelo SPA que oferece, aquele que se preocupa com o completo bem estar dos hóspedes. Ali há salas de massagem, de banheiras de pedra, de hidro e dos tão sonhados ofurôs.
Ofurô de pedras também é um serviço encontrado na encantadora “Champagny Pousada & Restaurante”, no bairro Fazenda Velha, a 7 km do centro. O charme e estilo moderno fazem do lugar ideal para uma hospedagem diferenciada, mas ao mesmo tempo simples. Vale a pena admirar a vista para a Pedra do Baú, passear até o fim da tarde por Santo Antônio, e voltar para “casa” sabendo que todo o conforto te espera, o que inclui piscina, sauna, sala fitness e lagos.
Santo Antônio do Pinhal é uma cidade maravilhosa, um dos principais destinos da Serra da Mantiqueira, e talvez por isso necessite de uma infraestrutura que deixe cada visitante satisfeito. Ainda existem boas opções de pousadas com todos esses serviços citados até agora, algumas mais distantes e outras próximas ao centro. Quando chegar, aproveite para organizar seu roteiro com o intuito de conhecer os principais pontos da região, como as cachoeiras, os ateliês, shoppings, pesqueiros, mirantes e muito mais.
Para mais dicas e imagens sobre pousadas em Santo Antônio do Pinhal clique aqui.

*341KM do Rio de Janeiro 
   479KM de Belo Horizonte

As imagens que aparecem neste post foram fornecidas pelo site Roteiro de Turismo.


Este post é um publieditorial

Beijo&Carinho

Jussara

Obs.: Desde o dia 10 de maio que, atendendo a pedidos, estou respondendo aos comentários.  Assim, quando voltar para ler um novo artigo, você poderá, se quiser, encontrar a resposta que terei deixado em atenção ao seu parecer. Obrigada!

52 comentários:

  1. Adorei as dicas, Jussara, nunca me hospedei nessa cidade, adoro chalés na montanha, e com ofurô....
    Bjs e bom final de semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa cidade entrou para minha lista de desejos, Cristiane!

      Excluir
  2. Que lindas e não conheço ,mas valeu a dica! Quanto à história, coitada de quem assim precisa agir... Credo! bjs, lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  3. Queridíssima Jussara! Também ando um pouco afastada do blog. Foi muito legal ver seu rosto por lá fazendo seus comentários. Já estava com saudades. Que lugares lindos e aconchegantes que você postou, até mesmo pra visitar fora do dia dos namorados. Um beijo com muito carinho pra você! Eunice Maria - efacilserfelizartesanais.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Eunice... eu andava sumida, voltei, sumi de nono... espero ficar firme agora que estou livre de várias pendências!
      Abraço!

      Excluir
  4. Quase corri para arrumar a mala. Aí me lembrei de tanta coisa que não posso simplesmente largar de uma hora para a outra...
    Mas a idéia ficou anotada.
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Egléa! Mas estava às voltas com casamento, reforma, tanta coisa! Mas um dia fujo pra lá! ;)

      Excluir
  5. Que beleza, Jussara, a cidade e os chalés. Que vontade de estar lá! Há algum tempo (muito), quando os garotos ainda eram pequenos, estive na região de Visconde de Mauá (Maringá), na divisa com Minas. Os chalés não eram tão chiques quanto os que você descreve, mas foi uma beleza.
    Vim aqui também para agradecer o comentário em Vida renitente; é o tipo de comentário que me faz renitente também quanto à escrita. Digo isto porque ultimamente ando meio preguiçoso, escrevendo pouco, como talvez já tenha percebido. Não obstante, acabei de escrever uma continuação de "Galo, galinha e pinto...", uma história de príncipe, como a menina pediu.
    Vamos agora a Florbela:
    Você tem razão, ela é muito rebuscada, usa adjetivos às vezes ao exagero e seus primeiros contos são meio que esteriotipados; mas comecei a gostar a partir de O dominó preto, principalmente O crime do pinhal do cego e O regresso do filho, seus últimos contos. A descrição daquelas paisagens do sul, que eu não conheço, mas me trouxeram à lembrança outras paisagens; a curva na estrada de barro, o carro de bois a chiar; e principalmente aquele jeito de falar dos personagens, as palavras... Que delícia foi!
    Tenho vontade também de escrever alguma coisa sobre o seu livro, mas até agora não saiu... mas sairá... sairá. E como vai sua mãe? Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... Mauá! Faz parte dos meus sonhos, João Antônio!
      Eu aqui, feliz com a perspectiva da continuação de "Galo, galinha e pinto"! :)
      A vida às vezes exige demais de nós, João. Essa preguiça a que você se referiu acho que é decorrente disso. A vida e a escrita são exigentes demais, ciumentas também. Uma vive querendo excluir a outra... e seguimos assim.
      Minha mãe é sempre elogios para a sua escrita de contador de casos.
      Abraço!

      Excluir
  6. Oi Ju.
    Parece ser uma cidade encantadora! Tive uma colega de trabalho que tinha um namorado "fantasma" como nós o chamávamos...
    Bom domingo! Bjo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olhaaa... então há mais gente com essa técnica pelo mundo! :)

      Excluir
  7. Oi, Ju,

    Aiaiai, fiquei com uma tremenda vontade de relaxar e desfrutar das delícias de uma pousada dessas, rsrs. Vou até salvar as indicações, quem sabe, não aparece uma oportunidade de escapar um pouco da rotina corrida daqui? Este post me lembrou também de que eu (mineira!) não conheço cidades como Monte Verde, Gonçalves e tampouco esta Santo Antônio do Pinhal,tenho que corrigir logo isso, rsrs.

    Um beijo, boa noite e boa semana, querida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Monte Verde é praticamente ali na esquina, Marly... e eu também não conheço... olha só que vergonha! ;)

      Excluir
  8. Oi Ju que dicas maravilhosas vc. deu hoje aqui. Conheço a região e já me hospedei por lá em outros invernos. Mas só vale mesmo se for com namorado de carne e osso nénão?! Adorei receber sua visita e acho que devagar vamos retornando aos nossos blogues porque muitos dos nossos amigos leitores compensam essa troca que sempre vem acompanhada de um plus, como a postagem de hoje. Linda semana e bj grande y

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Yvone, pra tudo que você disse aqui, rs
      Abraço!

      Excluir
  9. BOA NOITE, COLEGA JUSSARA!
    HUUUMMM... LOVE'S IN THE AIR! :)
    EI, MOÇA!
    VENHA VER MINHA MAIS NOVA POSTAGEM. ESTÁ UMA GRACINHA, CONFIRA!
    FICAREI MUITO FELIZ COM TUA VISITINHA E COMENTÁRIO, SEMPRE TÃO GENTIS.
    TENHA UMA LINDA NOVA SEMANA.
    ABRAÇÃO PRA VOCÊ! :)

    ResponderExcluir
  10. Oi, Jussara!
    Nunca fiquei hospedada em uma pousada em São Antonio do Pinhal, mas já frequentei muito a cidade por causa dos meus irmãos que moram em Campos do Jordão. Desde que mudei de Minas para o Rio, ficou difícil tirar um tempo maior para passear por aqueles cantos. Em alguns haras eles alugam cavalos para passeios nas montanhas e o melhor deles é chegar ao topo do pico agudo que tem uma vista maravilhosa. Local esse usado para saltos de paraglider por ter uma rampa para vôo livre, onde acontece os campeonatos paulistas da modalidade. A cidade também está no roteiro da Copa Brasil de Corrida de Montanhas. Os passeios são super saudáveis! Vale a pena! Quando as pousadas estão lotadas, muitos se hospedam em Guaratinguetá e aproveitam toda a região ao redor, principalmente Campos do Jordão onde as diárias são mais caras.
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Comentário de mineira este meu: Muito difícil um lugar cheio de montanhas não ser lindo, nénão?
      Abraço!

      Excluir
  11. Oi, Jussara! Obrigada por seu carinho lá no blog! Menina, como alguém já disse ali em cima deu vontade de arrumar as malas e partir . Adoro cidadezinhas pitorescas e com montanhas . Não sou muito chegada a praias e lagoas ; embora canceriana, tenho tem pavor de água.
    beijo, menina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também, Denise! Praia, para mim, é só para olhar o mar. Detesto areia, rs.

      Excluir
  12. Acho lindo chalés!
    Só estive em um em toda minha vida e eu era criança deveria ter uns dez anos de idade mas me encantei tanto que até hoje lembro de detalhe, sem falar que é super romântico neh!
    Bjuss!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito, Daiane! Eu também acho lindos! Muito bom tê-la aqui!

      Excluir
  13. Oi Jussara, é a Vi, se essa balconista fosse minha parente, seria normal esquecer, não sei se ando no piloto automático, mas sou muito desligada, ainda bem que tenho a Pepa, porque a memoria dela é boa.
    Amei as sugestões e essa perto de SP, até fiquei animada, gosto de lugares assim.
    Espero que você esteja forte e que Deus alegre teu coração.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vi, querida! Muitas informações: acho que este é o problema da atualidade, por isso é difícil se concentrar e guardar informações. Ou então é porque estamos ficando velhas, minha amiga! rs

      Excluir
  14. Oi Jussara, adorei o teu post e as dicas... ! que sonho, poder viajar e conhecer novos lugares, pessoas, viver novas experiências....
    Quem sabe um dia, volto a me "desamarrar" das obrigações cotidianas e patrocinar a mim mesma viver novas aventuras.
    Obrigada pelos comentários sempre tão carinhosos, pra saber estou reativando o blogue, pouco a pouco, devagarinho...
    Bjkas
    MIla

    http://milaresendes.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também preciso me patrocinar algo assim! Fico feliz de que esteja voltando... aos poucos... eu também estou assim ;)

      Excluir
  15. Texto e indicações perfeitos . Obrigada pela partilha , Jussara . Beijos .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Marisa, sempre muito bom ter você aqui! :)

      Excluir
  16. Oi Jussara,q saudade enorme de postar sempre, mas meu tempo anda corrido.
    Essa semana estou fazendo provas, estou passando pra pra desejar uma
    boa semana.
    Bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idem, Cris! Mas vou fazer de tudo para estar mais presente a partir de agora.
      Abraço!

      Excluir
  17. Que lindo local, é pena ser tão longe de Lisboa.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perto de mim, Maria, mas eu, para minha tristeza, tão longe de Lisboa!
      Abraço!

      Excluir
  18. Que lindo blog com belas imagens, texto indicativo e expressivo. Um belo fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Feliz com o incentivo do seu comentário!

      Excluir
  19. Olá, Ju,

    Ontem, finalmente, pude falar umas coisinhas sobre os seus livros, lá no blog, rsrs.
    Apareça por lá, caso queira tomar conhecimento dos meus breves comentários.


    Um beijo e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Só hoje estou respondendo aqui... mas foi uma delícia encontrar lá seu comentário! :)

      Excluir
  20. Olá querida Jussara. Sinto muita falta de fazer um programa a dois com o meu marido. Acontece que, como ele trabalha em Luanda, quando vem de férias, o tempo é sempre pouco para estarmos os três. O Pedro monopoliza o tempo do pai, como é óbvio.
    Quando ele regressar a Portugal, tenho que planear um fim-de-semana romântico. Você apresentou lindas sugestões.
    Beijinhos, uma linda semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ruthia! Mas realmente há um tempo para cada coisa... logo chega o momento do fds romântico... verá! :)

      Excluir
  21. Nossa, que sonho! Fico aqui admirando as fotos... e sonhando mais. rs
    Que dicas de ouro, hein?! Quem sabe um dia, sem precisar inventar histórias... hahaha!
    Sabe que no Japão todas as casas tem ofurô? É comum. Eu adorava.
    Uma ótima semana!
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  22. Oi, Jussara! Me deu uma enorme necessidade de viajar, rsrs...Obrigada!
    Beijinhos, Ana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, também ando consumida por essa urgência!, rs

      Excluir
  23. Oi Jussara, é a Vi, espero que você esteja bem.
    Passei para lhe desejar um otimo final de semana, beijos,Vi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Vi, era só sumiço mesmo... muita coisa pra uma pessoa só resolver, organizar... Mas estou disposta a não sumir nunca mais!, rs
      Abraço!

      Excluir
  24. Saudades Jussara. Tudo bem com vc?
    Uma linda semana pra vc.
    bju grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Era só sumiço mesmo, Elaine, correrias... mas tudo bem, graças a Deus!
      Abraço!

      Excluir
  25. Gostei da dica!
    Está anotada para futuras viagens.
    Grato pelo trabalho em fazer esta publicação divulgando um lugar tão bonito para relaxar. Eles andam cada vez mais necessários...

    ResponderExcluir
  26. Verdade, Sylvio! Mas sei que você sempre se aventura por lugares especiais :)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!