Livros sobre livros

terça-feira, agosto 26, 2014 Jussara Neves Rezende 28 Comments





Livros que falam sobre livros me atraem muito, por isso não é muita coincidência que os últimos dois que li tenham isso em comum, muito embora não sejam nada parecidos.



 

ZEVIN, Gabrielle. A vida do livreiro A. J. Fikry. Trad. de Flávia Yacubian. São Paulo: Ed. Paralela. 2014.


A vida do livreiro A. J. Fikry, como o título sugere, focaliza a vida de um dono de livraria que, apesar de amar a leitura, desde que sua esposa morreu não consegue ser simpático com os fregueses de sua loja. Depois de anos de leitura tem muito claras em sua mente suas preferências literárias, o que o leva a recusar (grosseiramente) títulos que não lhe interessam e que, acredita, não terão saída em sua livraria.
Entretanto, dois acontecimentos – mais entrelaçados que ele poderia supor – desencadeiam uma reviravolta em sua vida: o desaparecimento de um livro raro, muito valioso, e um inesperado “pacote” deixado sob sua responsabilidade farão com que A. J. redescubra o valor da vida, do amor e da amizade.

A história transcorre recheada de alusões a livros, escritores e leitores que, nessa nova etapa da vida de A. J. Fikry, voltam a frequentar a livraria que se torna o lugar mais animado da cidade.

 
DOREA, Lilian. Manual prático de bons modos em livrarias. São Paulo: Seoman, 2013.

 
Diferente do livro anterior, que é um romance, este manual nasceu em consequência do sucesso do blog da autora, livreira (vendedora de livros) em São Paulo e no Rio de Janeiro. Criado em 2011 o [manual prático de bons modos em livrarias] – assim mesmo, em minúsculas e entre colchetes – tornou-se imediato sucesso entre seus leitores e a mídia. Assinado com o pseudônimo de “Hillé Puonto” (homenagem à obscena senhora D., de Hilda Hilst), o blog nascia com a intenção de revelar histórias engraçadas do dia a dia de uma livraria.
As melhores histórias contadas e recolhidas no blog são agora compartilhadas em formato de livro, ricamente ilustrado por Diogo Machado, e são mesmo hilárias em alguns momentos (ou desesperadoras, dependendo da perspectiva), como no que se refere à insistência dos fregueses em procurar Clarice Lispector na seção de autoajuda, à crença em seu parentesco com Cecília Meireles ou na brasilidade de Fernando Pessoa, ou à confusão entre Anne Frank e Cristiane F., ou ou...
Pode ser bem divertido – para quem entende os enganos cometidos e percebe a ironia da situação – mas achei um tanto cansativa e esnobe a repetição de que é necessária muita paciência para lidar com os fregueses que misturam nomes de obras (como O apanhador no campo de centeio e O Caçador de pipas – e acabam procurando pelo Apanhador de pipas) e nome de autores como Eça de Queirós e Rachel de Queiroz.
Ao terminar a leitura não me senti culpada de nenhuma das gafes ironizadas no livro, nunca nem mesmo cheguei a me irritar com o livreiro ao telefone ao invés de me atender (segundo a autora os livreiros odeiam atender ao telefone), mas se você costuma ir à livraria sem levar anotados o nome da obra que procura, autor, editora e o que mais for possível, saiba que corre o sério risco de figurar na próxima edição do "manual"...
   
O Manual prático de bons modos em livrarias lê-se numa sentada, entre o pasmo e o riso. Ao final há uma série interessante de dicas e endereços de blogs, sites, sebos e livrarias. A vida do livreiro A. J. Fikry, por outro lado, também é uma leitura leve (creio que li em três noites, antes de abraçar Morpheu), mas sem dúvida mais consistente ao mostrar o quanto o amor – e em especial o amor pelos livros – pode dar sentido à vida.
 
Beijo&Carinho,
 

Jussara Neves Rezende
 
 

28 comentários:

  1. Olá Jussara,

    infelizmente não tenho nem sinto vontade de ler, dá pra contar nos dedos o que li e só gostei dos contos de Machado de Assis e das novelas russas. Admiro as mulheres que teem este hábito, primeiro porque temos muitos afazeres e, segundo, leitura pra mim não é lazer. Meu filho me diz que é falta de hábito, eu acho que é preguiça...
    Muito obrigada pelos votos aos noivinhos no Fuso minha flor!
    Beijão,
    Lu

    ResponderExcluir
  2. Oi Jussara, vou confessar que me interessei mais pelo primeiro, qualquer coisa que for um pouco esnobe eu já não curto, acho que erros acontecem e não precisam ser motivos do ridículo!
    Nossa para eu ler um livro em 3 noites tenho que ir para a cama as sete amiga rsrs.

    Bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  3. Jussara, acho que como vc, adoro uma livraria.
    Mas vou sempre, se vou comprar, devidamente munida de informações.
    Mas, atualmente tenho comprado livro pela Internete, nos sebos(Estante Virtual).

    Dos livros que vc comenta, leria o 1º, sem dúvida alguma.

    Vc consegue ler mais de um livro por vez? Eu não.

    ResponderExcluir
  4. Oi Jussara, achei a trama do primeiro livro super interessante! Vou procurar…
    Bjs e ótima semana

    ResponderExcluir
  5. Oi, Jussara!
    Estou lendo A Vida do Livreiro A. J. Fikry e estou amando!
    Já, Manual prático de bons modos em livrarias, não me chamou a atenção, pois, trabalho em uma biblioteca e sei que os fatos retratados no livro acontecem mesmo, mas não me sinto com vontade de compartilhar esses acontecimentos numa espécie de "manual de boas maneiras", muito pelo contrário, procuro auxiliar, orientar e valorizar cada leitor.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Acabei de ver outra resenha deste livro a vida do livreiro , deve ser bom .
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Ju.
    Parecem bem interessantes, principalmente o primeiro. Gosto muito de ler, mas devido ao pouco tempo dos 9 que comprei, ainda tenho 6 para ler. Mas já vou começar a ler o próximo no fim de semana.
    Bom restinho de semana! Bjo.

    Caminhando na Arte
    Fan page

    ResponderExcluir
  8. As pessoas que trabalham em livrarias (e gostam), são muito prestativas. Equívocos são comuns e podem até ser engraçados, sem que isso sirva para depreciar alguém. Livrarias devem ser lugares agradáveis, onde passeamos, xeretamos e nos informamos sobre obras das quais não temos todos os dados. Fiquei muito interessada em A VIDA DO LIVREIRO. Um despertar novo e estimulante, fundado em leitura, torna a obra encantadora para se conhecer. Bjs.

    ResponderExcluir
  9. Oi, Jussara!
    Achei bem antipático o título do manual, afinal, algumas pessoas já fogem das livrarias por conta da estranheza que têm com o lugar, se houver manuais de comportamento, daí sim que não se arriscarão em entrar. Não à toa os livros estão invadindo os cafés, bares, lojas de conveniência e até mesmo salões de beleza. Se o leitor não vai até o livro, o livro vai até o leitor. Achei bem mais interessante o primeiro livro. Até porque quando o autor não tem um humor nato, o humor forçado torna-se antipático.
    Beijus,

    ResponderExcluir
  10. Me despertastes a curiosidade, estou louca para ler os dois livros. Mas ultimamente não consigo passar da metade do livro, uma amiga me garantiu que é por causa do problema de visão. Estou me prometendo ir ao oftalmo. Tenho uma pequena biblioteca em casa e sempre leio os mesmo e com a mesma emoção da primeira vez. Espero que esteja tudo bem por ai.
    Bjos tenha um ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  11. Obrigado pelas indicações - são sempre ótimas. Acho que gostarei mais do primeiro (dei uma olhadinha no blog) e ele vai para a minha lista de sugestões.

    ResponderExcluir
  12. Mais um final de semana.
    Nesse postei um pouco de mim
    para você começar a me entender .
    E quem sabe você também a partir
    de hoje me veja com mais amor.
    Uma vez por semana minha postagem
    vai falar sobre mim.
    È necessário falar um pouco de mim,
    e acima de tudo acreditar na presença de
    Deus na sua vida,
    quando os caminhos se confundem é necessário voltar,
    começar a vida tudo de novo independente da nossa idade.
    Que , Deus te cubra de benção
    principalmente de onde tudo parou.
    Um abençoado final de semana.
    Aceite o carinho que hoje te dou
    beijos na sua alma linda.
    E muita paz no seu coração ,
    Evanir..

    ResponderExcluir
  13. Adoro ler Jussara, tenho sempre um livro ás mãos e carrego para onde vou_ qualquer folguinha aproveito para ler.
    Gostei da sua resenha e das dicas, No momento estou lendo um de um autor árabe_ Khaled Hosseini, ' O silêncio das montanhas, estou gostando muito.
    deixo um abraço grande e bom sábado boa semana

    ResponderExcluir
  14. Acredito, então, que vai gostar muito de um que escrevi, embora seja para crianças, mas no momento nada mais posso falar sobre ele. E recomendo Memórias do livro, de Geraldine Brooks. Onde vc mora em Minas?

    ResponderExcluir
  15. Muito interessante, Jussara, principalmente o primeiro livro. Uma história de como os livros podem afectar quem deles se rodeia.
    Fez-me lembrar a história real e recente de um escritor norueguês que decidiu abrir uma livraria em Oslo apenas para vender o "Livro do Desassossego" de Fernando Pessoa, considerado por ele o melhor livro do mundo. A iniciativa foi um sucesso inesperado, facto que o levou a fazer depois também uma prelecção num estádio de futebol acerca de F. Pessoa e da sua obra.
    Pouco tempo depois veio a Lisboa e foi convidado a dormir no quarto da Casa Fernando Pessoa. Recordo-me da reportagem no
    quarto de Pessoa, e ainda hoje estou para saber como aquele norueguês enorme conseguiu dormir numa cama tão pequena. Com os pés de forma, por certo, mas muito emocionado :-))
    xx

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem ?
    Nesta tarde meio sol, meio cinza, de sábado aqui em Sampa, aproveito para te desejar, um fim de semana agradável. Cada um, dentro do seu proporcional tempo. Mas, não podemos esquecer, que é o Criador, o regente dos nossos sonhos e inspirações. Portanto, nesse caminhar de vontades, o que não aconteceu no dia de hoje, é por que, só realizar-se, em um tempo determinado. E todo tempo é tempo, desde que o Pai Eterno, assim, nos conceda.
    Paz e Luz
    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Gostei da primeira dica. Homem durão que se amolece, mais ou menos assim... gostei!
    Nunca li um livro que fala de outros livros. Nunca havia pensado nisso, Jussara.
    Como boa libriana nunca noto nada e fico igual barata voadora sem plano de voo quando vou a alguma livraria. Gosto de ver tudo e depois fico na maior dúvida em qual levar. E é sempre assim.

    Querida, um ótimo fim de semana. Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Hola Jussara querida !! A mi me encanta leer y siempre tengo varios a la vez,,,que tengas un óptimo comienzo de semana
    Besos

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde Jussara.. eu adoro ler.. mas geralmente no computador.. porém mais bem me dou compondo e compondo.. é bom intercalar.. prefiro mais moldar para que outros leiam.. não tenho muitos livros fisicos.. mas pdfs enche cds.. um dia espero ler todos.. vou com a calma de sempre.. bjs e até smepre

    ResponderExcluir
  20. Gafes... Rsrsrs beijinhos Jussara.

    ResponderExcluir
  21. Minha querida, alguns leitores vorazes, que acabam por ter uma "cultura" literária acima da média, acabam convencidos da sua superioridade. Triste engano. Inteligência é ser delicado e gentil. Mas deixou-me curiosa sobre as duas obras.
    Entretanto, tenho uma novidade muito feliz: o seu livro sobre a Florbela Espanca chegou!!!!! Muito obrigada! Vou lê-lo e estimá-lo com muito cuidado. Depois da leitura, dou algum feedback. Agora só quero agradecer.
    Beijos mil e gratos
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  22. Oi Ju!

    Ainda não consegui me reorgnizar completamente com os livros.
    A leitura está atrasada, a lista de indicações está imensa e ás vezes eu desanimo por causa disso também.
    Costmo comprar livros pela internet, mas adoro um passeio à livraria. Nada como passar umas horinhas perdidas entre os livros. Meu caçula também ama.
    O livro que eu leria seria o primeiro.

    Um beijo e bom final de semana

    ResponderExcluir
  23. Oi, Ju,

    Eu também gosto de livros sobre livros. E gosto também de encontrar comentários sobre livros,
    nos livros de autores que aprecio, rsrs. Eu não li nenhum destes dois livros, mas fiquei seduzida
    por ambos, sobretudo pelo primeiro. Cheguei à conclusão agora, de que nunca fui comprar um
    livro sem ter todas as referências possíveis sobre ele, o que não acontecia quando o assunto
    era disco, pois várias vezes tive de cantarolar músicas em discotecas (quando elas existiam, rsrs).

    Um beijo e bom fim de semana

    ResponderExcluir
  24. Oi Jussara, é a Vi, lendo fiquei pensando quantas vezes na vida fui a uma livraria, falar com um livreiro; com certeza não seria inclusa em nenhum livro de gafes, por não manter este tipo de relacionamento, como você disse, que achou o autor esnobe, senti liberdade em declarar minha 'deficiência', raras vezes comprei livro, geralmente frequento biblioteca publicas e lá os livros ficam expostos para livre escolha, as vezes ganho livros ou amigas emprestam, assim vou atualizando.
    Para não dizer que sou uma 'relaxada" total , quando vou a uma livraria cristã especifica, que eu admiro muito o livreiro, converso com ele e recebo suas recomendações, e geralmente não me decepciono.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  25. Jussara , tenho paixão por livros e livrarias desde menina . Adoro ler . Meus filhos cresceram me vendo ler de bula de remédio , jornais , revistas , livros de direito ( por dever funcional ) , a romances e , principalmente , poesia . Hoje , uma médica e um advogado , não abdicam dos livros . Por tudo isto , gostei muito das resenhas por você apresentadas e irei em busca das sugestões . Beijos e bom final de semana .

    ResponderExcluir
  26. Livros sobre livros também são livros.
    Os que falaste, pareceram-me interessantes.
    Boa semana, querida amiga.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  27. OI Jusssara, eu adoro livrarias, ainda mais se tiver um bom café para acompanhar, aí passo horas! Gostei muito da trama do primeiro livro, já o segundo, sei não... fiquei com medo de encontrar meu nome por lá! Beijo minha querida e uma excelente semana!
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Não conhecia nenhum dos dois e me interessei pelo primeiro...
    Romances me agradam.
    Um bejim pra você, querida!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!