Torre de marfim e “livros à mão cheia”

sexta-feira, maio 09, 2014 Jussara Neves Rezende 35 Comments



 

Costumo dizer por brincadeira que vivo numa “torre”. Há um sentido simbólico para o vocábulo, ligado aos loucos – que no passado eram trancafiados em sótãos ou porões, afastados do mundo. Lembra-se do poema do Alphonsus de Guimaraens, “Quando Ismália enlouqueceu/ pôs-se na torre a sonhar...”? Pois é – e aos poetas que se auto exilavam por não se ajustarem à sociedade e por serem incompreendidos por ela. O mundo que esses poetas passavam a habitar era por eles chamado de “torre de marfim”: uma torre fictícia, ideal, lugar para a vivência dos sonhos e da arte. Como sou um tanto reclusa – como os poetas e os loucos – acho que a simbologia da torre é bem apropriada para caracterizar minha morada.
Há, contudo, outro sentido, mais concreto, para explicar o uso da palavra torre para designar minha casa. Como se trata de um sobrado com um sótão, convivo com trinta e quatro degraus aqui dentro, sem contar uns quatro ou cinco lá embaixo, na entrada.
 


 

No pequeno patamar após o terceiro lance de escadas fica a galeria de retratos, sobre a qual falei aqui, e um pequeno (e querido) móvel que guarda os livros recém-adquiridos, até que haja espaço numa pequena cesta onde acomodo aqueles que serão registrados e receberão o meu ex-libris*.
 

 
 


O sótão é o maior cômodo da casa, metade biblioteca/escritório, metade sala de TV, quase nunca usada, a não ser para assistir a filmes e seriados.

É lá que fica a cesta branca com os livros
 


O processo de registro é feito em minha escrivaninha – uma grande mesa de madeira escura, que já ouviu muita queixa de doença, pois fazia parte do mobiliário do consultório médico de um tio meu. Ali normalmente há uma grande pilha de livros que, depois de tombados, vão morar na estante.

Minha mesa hoje

Eu leio muito, mas compro mais livros do que leio, então a fila de livros à espera de serem lidos é sempre muito longa e meus interesses vagueiam sem limites entre gêneros, autores, estilos, valores literários, etc.

 
 
 
 
 
*Já falei sobre ex-libris aqui e aqui.
 
 
Comente, comente, comente... vou amar!
 

Beijo&Carinho, 
Jussara
 
 

35 comentários:

  1. Ju,
    Bom saber e conhecer sua torre. De livros e sua casa... Adorei esse móvel onde ficam os livros novos. E deve ser bem difícil essa arte de tombamento dos livros lidos. Separar por estilos, gêneros... Gostei de como vc é organizada. Parabéns!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. Oi Jussara, adorei seus posts sobre a história do ex libris e sobre a criação do seu! É lindo…
    Adorei ver sua casa e o riacho, que lugar gostoso de morar!
    Também tenho uma biblioteca no antigo quarto do meu filho. Moro em um apartamento, então não tenho tanto espaço.
    Mas consegui acomodar de forma bem arrumada meus 2.400 volumes, todas as paredes foram cobertas por estantes protegidas por vidros. Está tudo organizado por área de interesse e autor, mas não coloco ex libris e nem o nome, porque eles raramente saem daqui, tenho um ciúme…
    Já li quase tudo (ao longo de anos…), mas sempre tem novos chegando. Os que não gostei ou não pretendo ler novamente vão para doação. Tenho muitos livros na área de humanidades porque são referências para meu trabalho e estou sempre consultando, mas tenho também muita literatura, poesia, arte, infantis. Só não consigo ler policiais, terror e suspense. Não gosto mesmo. Embora tenha lido muitos da Agatha Christie na adolescência.
    Bom querida, não vou me alongar mais, adorei seu post!
    Seria muito legal ver sua biblioteca.
    Bjs e Feliz Dia das Mães!

    ResponderExcluir
  3. Jussara, que legal ver um pouco da tua casa, saber dessa tua torre, do teu modo de guardá-los e da mesa do médico, linda. coberta deles, aguardando o registro! beijos, tudo de bom, feliz domingo das mamães! chica

    ResponderExcluir
  4. Concordo com a Cris, também gostaria de conhecer sua biblioteca! Na verdade, gostaria mesmo era de conhecê-la, tenho tanto admiração e carinho por você Jussara... Ainda continuo sem receber suas atualizações, mas não tem problema porque sempre dou uma passadinha para saber das novidades. Jussara minha querida, aproveito para desejar a você um Feliz Dia das Mães! Que você possa passa-lo cercada pelos seus mais queridos, com muita paz e alegria!
    "Uma mãe é um vulcão, um furacão, uma enchente, uma tempestade, um terremoto. Uma mãe é invencível. Não há perda que ela não transforme em força. Não há passado que ela não emoldure e coloque na parede. Natureza de leoa e corajosa humildade." Martha Medeiros
    Beijo querida e um lindo e ensolarado domingo!
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Jussara,
    acho bem típico da nossa raiz " professoral" selecionarmos nossos livros em locais destacados conforme a utilização, rsrs...faço isso também :) Tô nesse mesmo caminhar que vc: muitos lidos e muitos outros por ler, ainda bem, agora que estou de molho com o dedinho do pé quebrado, tenho tido tempo pra a leitura; nada mal né?
    Tenha um domingo cheio de carinhos multiplicados.Feliz Dia das Mães!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  6. Gostei de conhecer um pouco de sua torre e do processo para que novos súditos permaneçam no seu reino!
    Legais também as postagens relacionadas. Aprendi sobre ex-libris e um pouco mais das possibilidades que envolvem a literatura.
    Acho que sou muito tosco ou sustentável (talvez os dois), pois quando compro um livro apenas assino no verso da primeira folha, com um lápis, meu primeiro nome e, abaixo dele, a data que adquiri.
    Ele fica ali, pacientemente aguardando ser conhecido (esta deliciosa qualidade dos livros!) e se agradar ao acaso do meu espírito vai para a estante de livros no “quarto de visitas/biblioteca/escritório”. Se não agradar, o destino dele é ter minha assinatura/data apagada com borracha e ser doado para a biblioteca municipal da cidade. O processo é simples e funcional!
    A estante já está com a lotação esgotada e há três anos me propus uma deliciosa jornada de releitura dos livros lá abrigados (relembrando ideias dos autores e épocas da minha vida), para confirmar a afinidade e presença deles comigo e talvez abrir espaços com novas doações, mas minha desorganização ainda não me permitiu tal empreitada.
    Vendo sua organização, esta postagem me serve de estímulo para tirar a poeira do meu marasmo e dar mais atenção ao meu modesto patrimônio literário, não comprando novos livros até acabar com a leitura dos já adquiridos e ignorados, e fazer a releitura dos que tenho.
    Será interessante perceber as mudanças causadas pelo passar do tempo em minhas convicções e percepções, no encontro de minhas novas lentes com as antigas palavras. Se concluir esta pequena missão caseira, depois compartilho os resultados.

    ResponderExcluir
  7. Tanto degrau e tanto livro!! Eu também tenho imensos livros, mas ultimamente nem tenho comprado muitos.
    Degraus é que só tenho o da entrada da casa...:-)
    Gostei muito de ver as fotos. Esse móvel muito bonito com livros e as fotos na parede, mais acima a mesa que era do teu tio.
    Tudo muito giro!
    xx

    ResponderExcluir
  8. Que cantinho gostoso... Fiquei olhando a foto desta pilha a espera de atenção e fui olhar a minha própria pilha... Bem, tenho até vergonha de comentar, planejava ter muuuuuito tempo depois que me aposentasse para ler e reler todos os que me esperam. Cheguei a conclusão que ainda não me aposentei :))
    Um abraço!
    Egléa

    ResponderExcluir
  9. Jussara , conhecer sua torre foi muito interessante . Sua organização é perfeita . Ainda chego lá ... Hoje o que aqui também me traz é o desejo de um alegre e abençoado Dia das Mães a você . Beijos

    ResponderExcluir
  10. Sua torre é lindaaa me deu comichão aqui todos esses livros ai hummm que delicia amoooo.

    ResponderExcluir
  11. Olá Jussara,

    muito obrigada por dedicar um tempo do seu (tão apertadinho), que como eu, nem respira... para deixar comentários animadores no Fuso.
    Você tem baú de livros enfileirados e pendentes e eu, baú de manualidades começadas e esperando... Somos todas assim, queremos fazer tudo mas uma vida só é pouco! Temos nossos velhinhos pra cuidar e os filhos pra atender, acho que isso nos impulsiona a seguir em frente e continuar sonhando que daremos conta de tudo!
    Um dia da Mãe tranquilo, pra vocês duas, mães dedicadas! O meu está sendo ótimo, felizmente. Passarei o resto do domingo com meu velhinho que está fraquinho!
    Desejo-lhe uma alegre e saudável semana, ah!adorei sua casa, enorme e arrumada, parabéns flor.

    Beijão,
    Lu

    ResponderExcluir
  12. Oi Jussara :)
    O seu selo ex-líbris é lindo!
    Eu queria ter um também.
    Sua torre é bem servida de livros hein?!
    Eu também amo ler. E leio sobre tudo.
    Bjs \o/

    ResponderExcluir
  13. Me identifiquei com você quanto a morar numa torre, com muitos degraus...
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá amiga, amei a torre, bom gosto a toda prova!!! Uma abençoada semana.
    Doce abraço Marie.

    ResponderExcluir
  15. Adorei conhecer sua torre! Sempre fui apaixonada por esse conceito da torre de marfim. Todo apaixonado por livros sempre compra mais do que pode ler.

    ResponderExcluir
  16. Eu sempre quis morar em sobrado. As escadas me fascinavam. Hoje com mais idade não sei se teria essa paixão por escadas!
    mas ainda me fascinam. Morar em uma torre assim, éu gostaria.
    Se vc ler meu post de hoje (vergonha) verá que não sou amante de livros. Temos muitos, marido sim, é que tem
    E o último foi ele quem me deu (incentivo)
    Gostaria que ele tivesse essa organização linda que você tem depois de lê-los .
    Amei a mesa ouvinte de dores acomodando os livros que aguardam seus lugares na estante
    bj Zizi

    ResponderExcluir
  17. Jussara
    agora estou
    só aqui:
    http://zizi-santos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adoro quando os móveis têm história... Na minha última reforma, comprei várias peças em antiquários, à vezes, me pego pensando, tentando advinhas suas histórias.

    Super beijo.

    http://chuvadecamelias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Rapunzel usava as tranças em sua torre - para descer. Você usa os livros para sempre subir e crescer.

    ResponderExcluir
  20. Oi Jussara! Gostei muito de conhecer um pedacinho da sua "torre". A galeria de retratos, os móveis charmosos e com história, e livros, livros, livros... Que delícia de torre! A sua organização me inspirou a dar mais carinho e ordem para os meus livrecos também. Abraços e boa semana!

    ResponderExcluir
  21. Gostei muito da visita guiada ao teu espaço.
    E também gostei do teu blogue (creio que nunca aqui tinha vindo).
    Obrigado por me teres adicionado há dias no Google+, pois só assim me foi possível descobrir o caminho para aqui chegar.
    Um beijo, querida amiga Jussara.

    ResponderExcluir
  22. Olá Jussara, adorei seus espaços, eu também gosto muito de ler e quando isso acontece queremos dar locais mais que especiais para os livros. Fiquei encantada com sua galeria de fotos, parabéns!
    No blog Art & Casa está acontecendo o mosaico Mostra Arte em Foco - Reciclagens, passa lá e participe. Estou te esperando!

    http://www.studioartecasa.com.br/2014/05/mostra-arte-em-foco-reciclagem.html

    Bjos, Mari.

    ResponderExcluir
  23. Oi Jussara, é a Vi, não moro em uma torre de marfim, graças a Deus não tenho 34 degraus em casa..kkkk, só em pensar em subir eles, já fico penalizada por ti.
    Mas digo isso por causa da preguiça de fazer exercícios, pois quem gosta de se exercitar, 34 degraus, é mamão com açúcar.
    Esse móvel na escada é lindo, parece que tem personalidade própria.
    Amei conhecer sua casa.
    Beijos,Vi

    ResponderExcluir
  24. Gostei de conhecer tua torre de marfim, Jussara...muitos livros, a galeria de retratos, tudo lindo e muito organizado.
    Amei o post, super interessante, amiga, parabéns!
    Beijos e muitas bênçãos!
    ´♥¸.•*¨)♥.•*¨)¸.•*♥¸

    ResponderExcluir
  25. Olá, Jussara! Muito bom conhecer um pouquinho mais das rotinas e paredes da sua torre...Cada cantinho, cada móvel traz uma história e função especiais! Visível seu amor a cada pedacinho do seu lar e sobretudo, aos livros...Minha torre é dividida com muitos vizinhos, já que moro em apartamento, rsrs...
    Uma linda semana, com tempo para diminuir os livros a ler!
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  26. Deverimos ser gratos a Deus por nos dar
    tudo que precisamos .
    Com certeza nunca o que pedimos chega na hora nossa
    e sim no tempo de Deus por
    ele saber como e quando precisamos.
    A fé é o principio de tudo e o fim é
    quando perdemos a esperança.
    Hoje : Deus te peço vem e fica Comigo.
    Uma abençoado final de Domingo.
    Uma semana de paz no coração.
    Carinhosamente..Evanir.

    ResponderExcluir
  27. Oi, Ju,

    Eu também tenho vivido muito reclusa, demais até, nesses últimos anos, rsrs. A escada
    que dá acesso aos dormitórios daqui de casa tem 18 andares e eu já os acho mais do
    que "de bom tamanho", rsrs. E o nosso sótão, apesar de ter a altura de um andar da casa, é só
    o pavimento do telhado, embora o meu marido venha guardando algumas tralhas lá, rsrs.
    Eu fico admirada com o cuidado que você tem com os seus livros! E sempre há
    muitos livros à espera de leituras, não é verdade? rsrs. Você já leu o 'O livro dos livros
    Perdidos'? Eu comecei a lê-lo, juntamente com outro, mas o achei maçante. Mas sequer
    passei das primeiras páginas, por isso pretendo voltar oportunamente a ele, rsrs.

    Beijo e boa noite!

    ResponderExcluir
  28. Acho que também moro numa torre,mas com degraus físicos e imaginários!Sua casa é tão linda, tem carinha de casa de intelectuais, tudo leva a leitura...que coisa boa!!Mil beijos querida.

    ResponderExcluir
  29. Oi Jussara. Lendo seu post, comecei a imaginá-la...Uma personagem de outra época, que mora em um castelo rodeada de livros....
    Como amo ler suas postagens, elas levam minha mente a passear....
    Olha, deve ser uma maravilha morar em uma casa como a sua, com ares de antigamente.
    Um abração. Que sua semana seja abençoada.

    ResponderExcluir
  30. Engraçado que ontem falei daquele espaço meio sala, meio atelier de costura, meio jardim de inverno, e, agora, vindo aqui, descubro em sua casa um igualmente polivalente. Antes, porém, deixe que refira a escada e o fantástico patamar dos retratos! Gostei imenso e conviveria plena de felicidade com um local como esse.
    Já os livros ... sou tão politicamente incorreta! Leio sem cessar, mas não guardo livros, preferindo doá-los! Não que não haja livros nesta casa, Há, há muitos! Os técnicos, indispensáveis, e os clássicos que revisito como quem passeia pelos corredores de uma galeria de arte!
    Nos realistas, amo, venero, Eça! Na poesia, Sophia! Nos contemporâneos, Lobo Antunes e Saramago.
    E muita revista, muitos semanários, muita crónica! Como e quanto me divirto/delicio com crónicas!

    Você falou da torre como metáfora! Curiosamente, ou talvez não ( Freud que explique!) para mim torre é farol e fálico!
    E por aí iríamos desmontando e montando ideias!
    Tenha um bom dia, amiga.
    Beijo

    ResponderExcluir
  31. Oi Jussara querida, olha vc acredita que só lhe identifiquei pq vc colocou que era Minas de MIm, eu já ia clicar no seu nome, la no comentário do blog para ser direcionada ao seu, vc mudou a foto do perfil e eu não lhe reconheci num primeiro momento rsrsrs, o cabelo cresceu adorei.
    Hum sabe que estou retomando a leitura aos poucos, parece que agora vai, a Julia cresceu e como vai a creche e acorda cedo, acaba dormindo mais cedo tb, o que ma da alguma meia hora noturna para ler ou fazer outra coisa, hoje comecei a ler Iracema, falo hoje mas só li três páginas rsrs acordei cedo fiz esta proeza antes de vir trabalhar rsrs.
    Amei a disposição das fotos na sua parede e o móvel na escada é de babar!!

    Bjs

    Gélia

    ResponderExcluir
  32. Oi Jussara,
    amei conhecer a sua torre. Nunca vi uma casa com sotão, pois por aqui não é comum, mas deve ser bem interessante.
    Eu tb leio muito e estou lotada de livros, mas agora a coisa piorou, pois ale´m de comprar e ganhar livros, baixo livros e leio no tablet, então minha lista de leitura aumentou muito.
    Bjs

    ResponderExcluir
  33. Amei ler isso tudo, amei mais ainda conhecer seu local de trabalho ou melhor seu local de prazer. A minha filha Reika, ela estuda na Marinha Efomm - CIAGA mas o que ela mais gosta de fazer é ler livros, ela é uma garota muito organizada assim como você, tudo dela tem muita ordem e o que ela ama fazer no Rio de Janeiro nas horas de folga da marinha é frequentar museus, bibliotecas. Sempre chegam aqui em casa livros que ela comprou pela Amazon. Gosto de ler suas postagens, você é muito linda por fora e em especial por dentro Jussara e também você me faz lembrar a minha pequena Reika. Obrigada por suas deliciosas postagens. bjs Nanda

    ResponderExcluir
  34. Já vi algumas fotos de cantinhos da sua casa e posso dizer: sua casa é uma verdadeira poesia... acho um verdadeiro encanto... conta história (literalmente).
    O móvel na escada é simplesmente maravilhoso...
    Acho muito interessante o seu processo com os livros... tem toda uma sequência, uma organização ímpar.
    Adoro!

    Beijo!
    Pri
    www.arted-casa.blosgpot.com

    ResponderExcluir
  35. Adorei o seu móvel dos livros novos, à espera da sua vez. O meu sonho é ter um espaço assim como o seu sótão, amplo e luminoso, onde possa reunir (finalmente) todos os meus livros. Muitos deles continuam encaixotados em casa da minha sogra, porque estou sempre a mudar de casa e cansa muito carregar uma vida atrás.
    Um dia eu sossego essa vida itinerante e talvez possa concretizar esse sonho.
    Obrigada por abrir as portas da sua casa, de forma tão gentil. Só faltou o cafezinho para me instalar aí por muito tempo.
    Beijos, mil
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!