Crônica de Natal

domingo, dezembro 15, 2013 Jussara Neves Rezende 65 Comments




O som de cantos natalinos alcançava e dissipava meus sonhos. A cama estranha que acomodava de improviso os primos que caíam sonolentos – nossos pais ceavam – nem rangia com a minha saída, os pés descalços e os olhos a tentarem se ajustar à claridade fora do quarto. No canto da sala a árvore piscava cheia de bolas coloridas de vidro finíssimo e aos seus pés a pilha de presentes parecia ter aumentado a partir do momento em que eu adormecera.

 Caminho sem fôlego o trecho entre o quarto da frente e a cozinha de onde vem o som de música. Meus pais, tios e avós estão ao redor da mesa. Tia Neuza dedilha o violão e as vozes da família se ajustam em cantos e contracantos que falam sobre ser a noite bela e “juntos eu ela vamos à capela felizes a rezar...”. É rápido o instante, mas confunde-me que tenha nascido o Deus Menino para o nosso bem e ainda assim seja a Felicidade um brinquedo difícil de encontrar...
Via 

O sorriso do vovô Dito ilumina a cozinha e minhas lembranças de agora. Com um gesto ele aponta um prato na ponta da mesa com restos de uma refeição. “Vê essas cascas de noz e de uva? Esse cálice com um restinho de vinho?”, ele pergunta. “Papai Noel ceou conosco, mas você dormia!...”. “Ah!...”, a decepção esmaga meu coração que logo se distrai com o presente deixado pelo bom velhinho ao pé da árvore, com o Jingle Bell, com a confusão armada pelos primos que, acordados, abrem também seus pacotes.
Via 

Esses sons me distraem agora do que não me apetece ouvir. Mais que pelo pisca-pisca da velha árvore os natais daquele tempo eram iluminados pela magia que cercava meu avô e pelo próprio fato de ser a infância uma eternidade na qual existíamos.
Meu avô viajou pelo mundo, voou pelos céus da América, Europa e África e um dia voou para o Céu. Levou com ele os natais que nunca mais foram os mesmos, ainda que novas crianças tenham chegado e continuem a vir.
No aparador em minha sala exponho meus vários presépios e em folhas de papel e de ar reconto a história do Deus que se fez menino e habitou entre nós... misturo nozes, castanhas e pão de ló, crio guirlandas e gingerbreads... meus netinhos esperarão encontrar Papai Noel à mesa de jantar?
Via 
Comente, comente, comente... vou amar!
Clique aqui para ler o que escrevi sobre a verdadeira história do Natal.
Tem mais um tempinho? Deleite-se com o cordel sobre o nascimento de Jesus:

video
Texto e locução: Euriano Sales; Ilustrações: Meg Banhos.
 Igreja Batista Central de Fortaleza – CE
A quem aqui chega, fica, volta, comenta e me alegra com sua companhia e amizade... obrigada! Desejo-lhe um lindo e santo Natal e um Ano Novo cheio de alegrias!
O “Minas de mim” voltará com novas publicações ao final de Janeiro de 2014. Até lá!

 Beijo&Carinho,
Jussara Neves Rezende

65 comentários:

  1. Oi Jussara, que crônica mais linda…que infância bela você teve, ter tido a oportunidade de experimentar o verdadeiro espírito do Natal…Seu avô foi certamente alguém muito especial.
    Bjs querida e ótima semana

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Tudo bem!

    Adorei esse conto, ainda mais sendo bem real. Feliz Natal para você e seus familiares.



    ResponderExcluir
  3. Que lindo, sempre esperei pelo Papai Noel, mas tb nunca tive a sorte de ve-lo...minha mão sempre dizia que ele ia atrasar um pouco porque tinha que entregar muitos presentes e eu acabava dormindo...ai ai...doce inocencia..rs...
    bjos e feliz natal e que seus netos , assim como a minha ainda espere pelo Papai Noel por muitos anos...

    ResponderExcluir
  4. Jussara, que coisa mais linda, juro que me vi em alguns momentos, principalmente porque me trouxe muitas lembranças de meu amado avô. Eu gosto muito do Natal, apesar do tempo estar passando e muita coisa mudando, mas o Natal ainda é sinônimo de amor e celebração a vida. Uma tradição que devemos preservar e transmitir aos nossos filhos para que possam perpetuar os ritos e as histórias que até hoje nos encantam e nos fazem sentir parte desse "algo maior". Obrigada minha querida por postagens tão inspiradoras, sensíveis e que despertam o melhor de minhas memórias. E também por seu carinho sempre que que me visita. Fico feliz que tenha gostado, e o vídeo é mesmo sensacional, eu sempre choro quando assisto.
    Beijo querida e tenha uma linda semana!
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ju, amei sua historinha de Natal... O lado bom de ser criança é que tudo é muito mágico e encantado, depois que agente cresce e a realidade insiste em nos atormentar com seus problemas é que a ficha cai...como era bom esse tempo!


    Feliz Natal e até 2014
    http://pedacinhobysandra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Jussara,
    Que lindo o que escreveu!
    Quanta carinho e emoção para descrever momentos especiais...
    Minha avó adorava os anjinhos e principalmente no Natal, tem uma coleção que ficou com a minha mãe, e sempre no Natal a coleção aumenta, é uma lembrança que ficou para sempre.
    Que legal o Cordel, é preciso 'refrescar mesmo', porque o comércio acaba atropelando o verdadeiro Natal.
    Muito legal o 'chá de bebê', e Jesus não era gordo rs
    Muito bacana!

    bjs
    Obrigada!

    Um ótimo Natal para todos vocês e uma ano de 2014 muito especial.
    Obrigada pela sua companhia tão carinhosa nesse ano.
    Fico por aqui mais um pouquinho, até o final da semana...
    E hoje...tem presépio de novo :)

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Jussara
    Que o verdadeiro sentido do natal esteja sempre presente em teu dia a dia e que a esperança esteja sempre presente te auxiliando na concretização dos teus sonhos. Que no próximo ano os teus sonhos sirvam de inspiração para realizar e sentir que a vida é um presente iluminado que Deus nos deu. Que este seja o natal do renascimento do amor fraterno. Que possamos caminhar unidos em 2014 e que os laços de amizade que nos uniu se fortaleçam a cada novo dia. Obrigada pelo carinho e amizade que você tão generosamente me concedeu em 2013.
    Um feliz e abençoado natal e um ano novo de vitórias e conquistas.
    Beijos com meu carinho e minha sincera amizade
    Gracita

    ResponderExcluir
  8. Mesmo que em horas novas e outras algazarras, as crianças de ontem se repetem nas de hoje com os mesmos olhinhos sonolentos, o mesmo jeitinho decepcionado ao não encontrarem-se com Noel, mas perpetuarão suas puras alegrias por todos os tempos, dos tempos...

    Delicada e tocante crônica esta que vc nos presenteia, Ju.Vivi cada passo, cada brinde ao som do violão.Lindo!

    Desejo á vc um Natal assim, cheio de calorosas presenças e abençoadas palavras.Feliz Natal!
    Bjos mil,
    Calu

    ResponderExcluir
  9. Amei sua crônica do Natal, tem Natal melhor que quando a gente é criança? A espera do Papai Noel, a loucura para ver logo qual é o presente que ganhamos. Bom demais!
    Um ótimo Natal para vc e sua família e um 2014 repleto de muitas bençãos!
    beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  10. Oi, Ju,

    Adorei o texto, as imagens do Natal, árvore, bolas, família reunida, crianças, presentes, ficaram tão vívidas!
    É interessante como algumas pessoas acabam por simbolizar coisas que ficam gravadas em nossas mentes,
    (e coração!) como o Natal, ou o espírito do Natal, não é verdade?
    Boa pausa, descanse e desfrute de boas festas. E que o seu ano novo seja supimpa! rsrs.

    Um beijo e boa semana

    ResponderExcluir
  11. Parabéns! Esse texto foi para mim um presente de natal; pois trouxe lembranças reais e saudosas que não só marcaram nossa infância como nos contagiou." Foi tão marcante que o sentimento é o mesmo em todos".

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  12. Belos Natais! Os meus também foram bons, sem avô presente, nem pai, mas foram bons. Feliz Natal, Jussara, e até Janeiro/fevereiro. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Oi Jussara,
    A crônica é linda! Eu fico meio triste nesta época por conta das pessoas, que como o seu avô, já não estão mais conosco. Me entupo de coisas para fazer para não ter tempo de pensar...
    Beijos 1000 e uma noite maravilhosa para vc.

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  14. Jussara,

    Você fechou o ano com chave de ouro: que bela e poética crônica a sua!

    Você conseguiu elevar esse gênero à melhor tradição de um Rubens Braga ou de um Vinícius de Moraes, cujas crônicas são poesias, na grande acepção da palavra.

    Adoro grifar nos textos que leio as.passagens que me encantam. Se me fosse permitido apontar uma, não resistiria em indicar esta:


    "O sorriso do vovô Dito ilumina a cozinha e minhas lembranças de agora." Encantatório!

    E pensar que eu ainda nem falei do "mais" que seu texto abriga: a magia do Natal, a arte dos encontros inolvidáveis.

    Abraços,
    Roberto.

    ResponderExcluir
  15. Aii Jú, que lindo!!
    Que saudades, muitas saudades desse tempo! Da casa da Vó e daqueles Natais que realmente nunca mais foram os mesmos...
    Agora ainda mais, sem meu pai...
    A gente se esforça, pelos filhos, sobrinhos... e porque a vida continua...
    Mas nunca mais foi como era, né?
    Obrigada por nos fazer reviver um pouco desse tempo de uma forma tão poética! Bom demais...
    Não sei se a Tia Nara ainda tem um Cd que gravei de uma fita k7, desses nossos antigos Natais...
    acho que gostaria de ouvir; tem a voz de todo mundo, inclusive do Vô Dito!
    Que vcs tbém tenham um Natal abençoado e repleto da presença e amor de JESUS!!!
    Abçs com carinho da prima,
    Waldinha. ♥

    ResponderExcluir
  16. Você conseguiu me fazer sentir o cheirinho das quitandas que enchia minha casa no Natal, reviver a expectativa da noite e dos presentes... Que delícia! Obrigada!
    Um abraço carinhoso!
    Egléa

    ResponderExcluir
  17. Olá Jussara, emocionante sua lembrança de Natal.
    Grande abraço, um bom Natal e um Ano Novo repleto de realizações para você e sua família.

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga, que belas lembranças! Suas crônicas sempre me emocionam. Desejo um Feliz Natal e um Ano Novo de muita saúde, alegrias e tudo de melhor que a vida possa lhe oferecer. Um grande abraço e beijo da Eunice Maria.

    ResponderExcluir
  19. Pra variar eu amei o cordel então... amiga vim lhe desejar Boas Festas muitas alegrias e realizações amiga tudo de bom pra você e sua familia bjs!

    ResponderExcluir
  20. Oi Jussara, acho que você vai adorar o livro, são poemas e frases soltas que mexem com nossa imaginação e nosso modo de ver a vida.
    Depois me diga o que achou
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Hola querida que lindas añoranzas de Navidad ,, el texto abriga la magia de la Navidad
    Cariños

    ResponderExcluir
  22. Querida Jussara, o Natal tem mesmo uma magia que só as crianças conseguem viver de coração. Que delícia de crónica!
    Agradeço e retribuo os seus lindos votos. Que tenha um Natal muito feliz e um novo Ano pleno de saúde, alegrias e concretizações. Obrigada pela sua presença e carinho lá n'O Berço, ao longo de 2013. É por amizades como esta, ainda que virtuais, que vale a pena manter o blog.

    Beijinho do tamanho do oceano
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  23. Boa tarde amiga Jussara!!!
    Hoje venho deixar meu carinho e agradecimento da sua amizade, mesmo que virtual em minha vida neste ano de 2013.
    Obrigada de coração por suas orações e pensamentos positivos.
    Estou caminhando para a cura total e perfeita, uma caminhada longa mas que estou sabendo enfrentar com muita fé em Deus...
    Que no próximo ano possamos continuar a compartilhar nossas alegrias e conquistas e que nos momentos difíceis saibamos ter serenidade e fé em Deus sempre...
    Que você possa ter os mais belos sonhos e que Deus os realize com toda a alegria e bondade!!!
    Feliz Natal e Ótimas Festas!!!
    Com carinho da Bia!!!
    .
    ________________ ._/\\_.
    ________________ .>,“<.
    _________________ PAZ
    _________________União
    ________________Alegrias
    _______________Esperanças
    ______________Amor_Sucesso
    _____________Realizações_Luz
    ____________Respeito_harmonia
    ___________Saúde__solidariedade
    __________Felicidade___Humildade
    _________Confraternização__Pureza
    ________Amizade__Sabedoria_Perdão
    _______Igualdade_Liberdade_Boa.sorte
    ______Sinceridade_Estima__Fraternidade
    _____Equilíbrio__Dignidade__Benevolência
    ____Fé_Bondade_Paciência_Brandura_Força
    __ Tenacidade_Prosperidade_Reconhecimento
    _______________*********
    ______________***********
    ____________**************
    ______**************************
    ____******************************
    Deus nos abençoe sempre!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    Obs.: Devido ao repouso, o recadinho é colado, porém foi feito com muito amor e carinho para todas as amigas e amigos virtuais. Obrigada sempre por fazer parte da minha vida. <3 TE ADORO!!! <3

    ResponderExcluir
  24. Emocionante história. Esta época nos deixa meio nostálgicos.
    Em breve deve estar chegando o papai Noel por ai.
    Te desejo um feliz Natal e um ano cheio de boas surpresas e felicidades.

    ResponderExcluir
  25. Olá Jussara,

    Crônica linda e deliciosa de ler. Claro que me remeteu aos Natais do meu tempo de criança, quando a magia da data era bem maior.
    Adorei o cordel.

    Que seu Natal seja de muita luz e amor e que o Novo Ano lhe reserve grandes alegrias e muitas realizações.

    Foi um prazer ter tido a oportunidade de conhecer o seu espaço e de interagir com você.

    Bom descanso e ótimas festas.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  26. Adorei ler sobre o Natal da sua infância. Eu nunca tive Natal na infância ou na minha adolescência,no entanto mais tarde, a minha filha viria a nascer no dia 24 de Dezembro para ser a "minha menina Jesus", a minha alegria até hoje.
    O seu avô foi decerto um homem maravilhoso. E um homem é sempre maior não só pelo que vive, mas também pelo que deixa como enriquecimento na vida dos que ficam. Maravilhoso, Jussara.
    Boas Festas, muita saúde e felicidade para 2014. Ver-nos-emos decerto no fim de Janeiro.
    Foi um prazer para mim ter-te "conhecido" e aprecio muito esta troca de ideias e emoções.
    Muito obrigada.
    xx

    ResponderExcluir
  27. Ouso afirmar que os 'nossos Natais' eram mais cheios de pureza, eram mais família... hehehe!
    Eu acreditei em Papai Noel (as crianças de hj não acreditam mais... rs!) e minha mãe dizia pra eu dormir cedo, pq se Noel chegasse em casa e visse que tinha criança acordada, não deixava o presente e ia embora. A doida aqui pulava na cama no mesmo instante... kkkkkkkkkk! E qdo acordava, no dia seguinte, o meu pacotinho estava ao meu lado, no travesseiro.
    Hj em dia é tudo muito comercial, bem consumista, né! Mas ainda assim cabe a nós manter o verdadeiro espírito natalino.
    Feliz Natal, Jussara!! Muita saúde e conquistas especiais pra 2014.
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  28. Agradeço a partilha ,Jussara .
    A crônica espelha o Natal de muitos de nós .
    A espera das crianças pelo Papai Noel na reunião aconchegante da família .
    Momentos de paz pelo nascimento do Deus menino .
    Aproveito para lhe agradecer a visita ao meu espaço e retribuir seus votos de Boas Festas .
    Muitas bençãos no Natal e alegrias em 2014 para você e familiares .
    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Me senti nesta noite de natal!!!Que delícia!!e está música"...vamos a capela felizes a rezar..." Me emociona só de pensar.Aqui na minha casa ,meu filho pequeno nos segura no mundo mágico do Natal,ainda colocamos leite e biscoitos pro Papai Noel,um sininho anuncia a chegada do Bom velhinho que ele nunca consegue ver ,mas é por um triz !!!!Adoro tudo de natal!!!!obrigada por mais este texto gostoso de ler!obrigada pela partilha que tivemos este ano ???um Natal muito bom pra você é que 2014 seja muito inspirado e feliz!!!

    ResponderExcluir
  30. Seu conto é um misto de realidade com saudade.

    Feliz natal e bom ano novo.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  31. Como me identifiquei com o seu conto de Natal!
    "Levou com ele os natais que nunca mais foram os mesmos, ainda que novas crianças tenham chegado e continuem a vir"...

    Os Natais nunca mais foram os mesmos...a saudades ainda é imensa!

    Boas Festas Jussara querida, muitas realizações, sucesso e prosperidade em 2014

    Um beijo

    ResponderExcluir
  32. Venho deixar meus votos de BOAS FESTAS.
    Que neste ano que está para chegar possamos continuar partilhando experiências, VIDA e muita amizade!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  33. Jussara querida obrigada pelo carinho!!
    Amei a crônica, o cordel é lindo, mas confesso que fiquei encantada com a sua história do natal. Os meus filhos quando eram pequenos acreditavam em papai noel mas logo que começaram a entender mais as coisas expliquei qual o verdadeiro sentido do natal. Não podemos deixar que o comércio tome lugar do aniversariante.
    bjos e fique com Deus,
    Marlene

    ResponderExcluir
  34. Querida Jussara,
    que felicidade já estarmos com as festas de fim de ano!
    Que o menino Jesus esteja habitando em sua casa em 2014 inteiro, trazendo amor e paz!
    Amei a tua crônica, e o cordel já tô compartilhando de tão lindo!
    Quero agradecer o teu carinho durante o ano que está passando e dizer que és muito preciosa para mim!
    Bjkas
    Mila

    ResponderExcluir
  35. Jussara minha querida, voltei para agradecer: Obrigada por suas visitas sempre tão carinhosas, por dedicar alguns momentos de seu precioso tempo a ler minhas escritas, por seus comentários inspiradores, enfim, que em 2014 possamos estreitar ainda mais esses laços. Desejo a você e sua família um Natal de muita luz, muita paz. Que possamos a cada dia crer no amor para transformar o homem e o mundo. E que a mensagem de fé e esperança do Natal renove nossas forças para que continuemos nessa busca, no ano que se aproxima!

    Beijo querida,
    Denise - dojeitode.blogspot.com

    ResponderExcluir
  36. oi Ju

    Linda crônica!!!
    ah tenho muitas saudades dos natais de qdo criança e de qdo minha crianças eram crianças. hehe
    hoje sinto uma certa tristeza... são vários os motivos.
    mas quero te desejar um lindo e abençoado natal e desejar um ano novo cheio de alegrias e realizações.

    Nos encontramos em 2014 então, bjuuuuuu querida

    ResponderExcluir
  37. Desejo que você tenha um ótimo Natal com muita fé, alegrias, harmonia e todas as coisas boas do mundo. Que o Ano Novo que se aproxima seja uma porta aberta para novos sonhos, renovações e muita paz.
    Adorei ter conhecido vc.
    bjus muitos.

    ResponderExcluir
  38. Fui lendo, caminhando com você e sentindo as mesmas emoções. Essa magia que nos encantava ainda existe, não para nós que abraçamos a realidade em vista da experiência, mas para os novos que chegam e ainda vivem com a inocência que nos abandonou.
    Desejo-lhe, também, um Natal de luz e harmonia. Foi um prazer enorme conhecer seu espaço, tão rico, em 2013. Espero que possamos dar continuidade a essa feliz convivência, em 2014.
    Aproveite bem suas férias. Bjs.

    ResponderExcluir
  39. O Natal para mim quando era criança era mágico e sinto falta dessa época!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  40. Gostei muito de ler.A inocencia das crianças é a pureza da alma

    ResponderExcluir
  41. Amiga Jusssara como eu gosto de recordar os meus natais de criança. Este ano é o primeiro em que a luz do Natal está tão sumidinha do meu coração, pois tenho a minha mãe muito doente no hospital. Hoje venho numa corridinha especialmente para desejar que a Paz, Harmonia, Saúde e Amor estejam hoje e sempre presentes na sua vida. Um FELIZ NATAL.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  42. Olá Jussara:
    Hoje estou passando pra agradecer por todo carinho que compartilhamos nesse ano e espero poder continuar a desfrutar da sua AMIZADE nos próximos anos.
    Desejo á você e sua família um Natal abençoado e que 2014 chegue carregado de boas energias.
    Bjs.:
    Sil
    http://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  43. Oi Xará.
    Essa crônica linda traz a magia do Natal para nossa mente. Amei, e obrigada pela visita.

    "Na grande peça da vida mudam-se os anos, mudam-se os capítulos, alguns atores são substituídos, mas a verdadeira beleza desta história está nas personagens que permanecem nas cenas mais queridas. A todas as personagens que participaram, que participam e participarão dos capítulos de minha vida desejo Boas Festas, Feliz Natal e um Próspero Ano Novo."

    Bjos.

    ResponderExcluir
  44. Oi Jussara, querida

    Que maravilhosa essa crônica, eu gostei demais.

    Fui ver o outro post, dos presépios. Achei muito interessante as variedades, e quanta beleza!!!!

    Te desejo um ótimo Natal, cheio de Luz, Paz e Amor

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  45. Que saudade que me deu de meus avós, nos Natais em sua casa, qdo ainda eram vivos... Histórias boas de recordar....

    Jussara, querida mineira, um Natal maravilhoso pra vc e sua família
    Um Ano Novo estupendo de realizações e coisas boas, sempre!

    Muito bom fazer parte desse seu universo virtual, aprendo muito com vc!
    Beijos e até ano que vem!

    ResponderExcluir
  46. Há Natais, os da nossa infância, que marcam para sempre, temperando a nossa vida dum maravilhoso sempre expectante.
    Jussara, obrigado pelo constante carinho, lá no Interioridades.

    Um Santo e Feliz Natal!

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  47. Ju, que lindo, coisa boa é ter bons momentos para recordar.
    Desejo a você e sua família um Feliz e abençoado Natal.
    Besitos

    ResponderExcluir
  48. Muchas felicidades y gracias por esa estampa navideña que nos has dejado en tu entrada.

    un abrazo

    fus

    ResponderExcluir
  49. Oi, Ju,

    Vim renovar os meus votos de um excelente do 2014 para você e a sua família.
    Que seja um ano cheio de coisas boas: saúde, amor, realizações, concretização
    de sonhos e muitas alegrias!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  50. Olá, Jussara! Pura emoção, nas palavras que trazem as lembranças do avô querido...
    Meus melhores desejos para o novo ano, que seja repleto de bençãos, alegrias e vitórias!
    Beijos, Ana

    ResponderExcluir
  51. Oi Jussara, é a Vi, agora lembrei que a gente também cantava essa musica no Natal..era muito bom, ao vem essa bola, lembrei das bolas importadas que meu pai guardava com todo carinho..aqueles natais eram especiais.
    Mas hoje, eu fico com o vídeo, passou ser comercio, perdeu o espirito, (esse vídeo é muito bom).
    Jussara, amei conhecer você, você mora em meu coração, e em minhas orações sempre me lembro de ti.
    O Senhor te abençoe e te guarde;
    O Senhor faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;
    O Senhor sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz. Números 6:24-26
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  52. Amei a sua postagem Jussara.
    Clima de festa com o carinho dos seus. Um sonho . É mágico.
    Meus pais não costumavam festejar o Natal na minha infância. Festejávamos somente o Ano Novo. Os donos das casas ficavam em seus respectivos lares e os filhos faziam a visita aos amigos e parentes desejando boa entrada. Eu e meus irmãos tínhamos que fazer a peregrinação de casa em casa levando presentes ( toalha e chá) e em retribuição recebíamos balas, cadernos, lápis , borracha etc. Muita magia também na simplicidade dos gestos.
    Estou meio ausente , mas logo coloco em dia as minhas visitas. Que seus dias natalinos sejam sempre iluminados.
    Um Feliz Ano Novo com muita saúde, amor e paz.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  53. Jussara
    que você ouça os cânticos natalinos da memória e passe adiante a mensagem deixada pelo avô
    através dos sabores, das reuniões e do encontro interno que tudo isso proporciona.
    Cheguei agora, mas para dizer que em 2014 tudo de bom aconteça e que possamos compartilhar a amizade
    que se iniciou em 2013
    beijos Zizi

    ResponderExcluir
  54. Oi Ju,passando pra te desejar um
    feliz ano novo.
    Adorei o cordel,sou apaixonada.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  55. Jussara querida, obrigada pelo carinho lá no blog, você é muito especial como a sua postagem que nos remete ao clima de amor implícito no Natal. Que vem da cultura que nossos pais infiltraram tão bem e com tanto cuidado nas nossas vidas e que permanece e se multiplica. Parabéns, amiga, Feliz 2014! bjinhos.

    ResponderExcluir
  56. Oi Jussara!! Que lindo texto, trouxe lembranças que demonstram o significado e a magia da noite de natal. Passei principalmente para agradecer a sua companhia em 2013, que mesmo virtual certamente tem sido um estímulo importante para levar adiante o projeto de manter um blog em meio a toda a loucura que atualmente é a vida da gente, cheia de compromissos, mas com todo o prazer proporcionado pelo carinho de quem nos acompanha. Desejo tudo de melhor em 2014 para você e sua família!!
    Grande abraço!
    www.arquitrecos.com

    ResponderExcluir
  57. Passando para te desejar um ano novo repleto de realizações!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  58. Boa noite amiga Jussara!!!
    Que crônica mais bela, parabéns!
    Me recordei de minha infância...
    Feliz e Abençoado 2014!!!
    Bjokas...da Bia!!!

    ResponderExcluir
  59. Ju, quanto tempo! Que saudades de vc! E que delícia ler essa história... bons momentos!!!! Esse ano a família combinou o Natal do ano que vem! Vamos resgatar as meditações da Bíblia, vamos enfeitar a casa e trocar presentes... amo Natal! Louvado seja o nosso Deus por ter mandado o menino Jesus! Te desejo um ano novo repleto das bênçãos de Deus, cheio de saúde e realizações!!! bjão!

    ResponderExcluir
  60. Jussara,

    Reli sua bela crônica e, como toda releitura aponta-nos novidades, adorei este trecho:


    "Meu avô viajou pelo mundo, voou pelos céus da América, Europa e África e um dia voou para o Céu. Levou com ele os natais que nunca mais foram os mesmos, ainda que novas crianças tenham chegado e continuem a vir."

    Lindo lindo lindo, isso!

    Quanto às novas crianças e a seus netinhos - sua indagação final - com certeza eles esperarão o Papai Noel, posto que seu avô deixou uma pedaço daqueles antigos Natais para cada um deles.

    Abraços,
    Roberto.

    ResponderExcluir
  61. Querida Jussara
    Saudade.
    Revendo seu lindo texto, me fez lembrar que um dia na minha infância fui á ceia e dormi na casa de um casal de italianos numa noite de Natal a convite deles, pois os descendentes de japoneses não comemoravam o Natal. Qual não foi minha surpresa quando compartilhei a alegria com os netos desse casal encontrando também o meu presente em baixo da cama sobre os meus sapatos. O tempo passa, mas o amor incondicional permanece ao ver essa história de cordel em vídeo que você postou. Maria e José empreendendo fuga e caminhando 150 kms para preservar o Menino que veio nos salvar.
    Encanto-me sempre com suas crônicas, suas ilustrações .Os seus presépios são magníficos e feitos com muito esmero que só uma mineira nos conformes sabe mostrar.
    Um Feliz Ano Novo para você e os seus.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  62. Oi, Jussara!
    É verdade, quando criança pensamos que somos eternos, até nos depararmos com a morte de alguém próximo. Afinal, os heróis não morrem!! Você teve um Papa e um Vovô Noel :)
    Feliz 2014!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  63. Até chegar ao final do texto já estava ficando preocupa com sua ausência de quase um mês, mas agora percebo que foi um afastamento planejado. Feliz 2014 para você e sua família. Bjos

    ResponderExcluir
  64. Um 2014 de muita energia, beijo Lisette.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!