Poltronas de leitura e memórias

quinta-feira, abril 25, 2013 Jussara Neves Rezende 31 Comments




Quando eu era menina, as casas de parentes mais velhos – tios e tias de meus pais – ou amigos de meus avós, com os quais eu não estava muito familiarizada, atraíam-me como, hoje, as paisagens inexploradas.








 No quintal de uma delas havia uma grande jabuticabeira e um gato amarelo que surgia não se sabe de onde... noutra havia uma cadeira de balanço em um quarto amplo e claro e eu ansiava por sentar-me nela, mas por lá rondava um gato – sim, eram “gateiras” essas parentas do passado – ou vários, e eu tinha medo dele(s) porque roçava(m) minhas pernas.












Lembro-me do quarto de uma senhora elegante... a poltrona ao lado da cama, uma manta a repousar displicente em um dos braços, a cômoda com flores e vidros de perfumes e uma mesinha de apoio com livros e uma xícara de chá.







Noutra casa, os móveis escuros do escritório – escuro também esse cômodo, a janela sempre fechada – pareciam guardar os segredos do mundo, assim como a biblioteca pessoal de um amigo de meu avô, as letras douradas dos livros encadernados a brilharem no cômodo pequeno onde estantes de madeira de lei substituíam, aos meus olhos, as paredes “invisíveis”.






Havia uma poltrona forrada de veludo a um canto, bem perto do degrau que levava a uma pequena varanda da qual se avistava a rua. Meus olhos, entretanto, preferiam vagar pelas lombadas dos livros – “todos lidos”, dizia o senhor, com orgulho – a admirar suas cores e a respeitar o secreto conhecimento que detinham. Nunca me sentei nessa poltrona, mas imaginei-me ali, várias vezes, os livros a se empilharem na mesinha ao lado...

Comente, comente, comente... vou amar!


Beijo&Carinho,

Jussara

31 comentários:

  1. Vim olhar, vi e gostei. Minas será sempre um lugar de incontáveis histórias. Dos inconfidentes e anônimos, ao mestre Drummond.
    Minas da Adélia Prado... Meu Deus! Terra de mistérios...

    m.americo

    ResponderExcluir
  2. Oi Jussara,
    As poltronas tem e resgatam memórias mesmo.
    Os cantinhos de leitura são especiais por isso.
    Meu cantinha fica no Ateliê, mas é especial também!
    bjs, boa noite

    ResponderExcluir
  3. Poltronas lindas, convidativas...fiquei me imaginando sentada em uma delas, lendo tua história, Jussara! A hora da leitura é importante ter um lugar confortável, e aconchegante.
    Amei as imagens, inspiradoras!

    Um grande abraço, amada!
    ♥ O/♥
     /▌
     /\

    ResponderExcluir
  4. Oi Ju

    Amei as poltronas e fiquei a imaginar você como escritora e poeta , sentada em sua poltrona predileta contando suas histórias .
    A leitura é muito importante e ter um lugar favorito é tudo de bom .
    Beijinhos
    Deus abençõe

    ResponderExcluir
  5. Que doces lembranças, elas nos base para o que somos hoje. Cada pessoa com sua importância. Aqui estou sempre contando fatos da infância para meus filhos. Tem histórias que repito inúmeras vezes, quando eles falam que eu já contei ficou tão braba. Devo estar ficando velha. Menina adorei essas poltronas, também tenho paixão por elas. Ainda não fiz meu cantinho de leitura aqui em casa. Mas em breve quero fazer. Já está tudo em meu pensamento.
    Bjos e tenha um fim de semana maravilhoso.

    ResponderExcluir
  6. NADA COMO UM CANTINHO ACONCHEGANTE PRA LEITURA FLUIR MELHOR, PRAS IDÉIAS FLUÍREM MELHOR.
    ADOREI A ÚLTIMA POLTRONA, COM A MANTA EM PATCHWORK. BONITA E COLORIDA. :)
    TENHA UMA LINDA SEXTA E UM ÓTIMO FINAL DE SEMANA, UAI!
    EI... CÊ NÃO VAI BRINCAR NO MEU DESAFIO ARTESANAL DE DIA DAS MÃES? TEUS TRABALHOS SÃO BATUTAS, UAI! PARTICIPE TAMBÉM! O PRÊMIO, É FOFO.
    O SELINHO DA BRINCADEIRA, TÁ NA BARRA LATERAL DIREITA DE "GAM DOLLS (2)". CLIQUE, VEJA OS TRABALHOS QUE JÁ ESTÃO PARTICIPANDO E PARTICIPE TAMBÉM! RECEBEREI AS IMAGENS DOS TRABALHOS ATÉ DIA 10/05. ARRISQUE, MOÇA! :)
    INTÉ! ;)

    ResponderExcluir
  7. Bom dia Jussara
    Um momento de saudades com belíssimas recordações minha querida. Um belo e emocionante post. Quero que você comece o seu dia sentindo todo o meu carinho. Que as vibrações de alegria lhe protejam e lhe guie neste dia para que você consiga realizar todos os seus projetos. Você faz com meu dia comece assim: CHEIO DE PAZ e é assim que eu quero que você comece o seu. Uma linda sexta feira pra você. Beijos no coração e carinhos na alma.
    Gracita

    ResponderExcluir
  8. Estas lembranças da infância têm um sabor todo especial porque vêm recheadas de pedaços imaginados, que inserimos, não é?
    Poltronas convidativas... em qualquer uma dá para embarcar no universo da leitura.
    Um abraço!

    Egléa

    ResponderExcluir
  9. Oii Jussara, vc foi muito feliz nos textos de cada poltrona, muito bonito a forma como os associou, adorei Bjooosss

    ResponderExcluir
  10. Poltronas lembram a minha infância, o aconchego da casa de meus avós.
    Claro, em casa tb tinha 2 poltronas, mas casa de vó é casa de vó, né! rs
    Adorei seu post!
    Bjns
    :)

    ResponderExcluir
  11. Oi, Ju,

    As impressões deixadas por lugares e ambientes podem realmente nos acompanhar a vida inteira, rsrs. É incrível como a mémoria retém até mesmo detalhes mínimos, não é verdade? A minha biblioteca já teve só livros lidos, na época em que estes eram postos nela um a um. Depois que ela foi se ampliando e renovando, a situação mudou. Hoje eu anseio por dizer que já li pelo menos 50% dos que estão lá, rsrs. Por falar nisso, quase que involuntariamente, coloquei de lado o 'O Tempo entre costuras', mas pretendo retomá-lo oportunamente, rsrs.

    Beijo e bom fim de semana, querida!

    ResponderExcluir
  12. Cada poltrona e sua história, sua memória. Lindas! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  13. Oi Jussara bom dia! Adorei sua retratação dos diferentes estilos das casas que já visitaste! Fiquei imaginando aqui a casa da senhora fina que tinha uma poltrona ao lado da cama, uma penteadeira com flores e vidros de perfume, lindamente uma imagem vintage reinou em minha mente! E também gostei do cômodo de estantes ate o teto, que viviam constantemente em penumbra e junto de muitos livros antigos, e ate me veio a mente seres encantados escondidos pós trás das cortinas e cantos do cômodo :)

    abraços!

    ResponderExcluir
  14. Um espaço muito agradável para passear e deixar-se divagar pelas belezas das palavras e imagens. Um grande abraço!

    http://tudoepossivel-infinitoparticular.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Jussara,
    Vc me fez lembrar de algumas passagens de minha infância, por casas onde vi cenários semelhantes aos descritos por vc.
    Tenha um ótimo final de semana!
    Bjs

    GOSTO DISTO!

    ResponderExcluir
  16. Jussara, muito obrigada pelo seu comentário gentil, mas que me deixou curiosa. Já viveu em Portugal?
    Vi que tem um doutoramento em Literatura, área da minha formação académica, o que nos aproxima.
    Neste post, gostei do conteúdo, com textos belíssimos, em simbiose com imagens que igualmente me fascinam, já que sou apaixonada por decoração.
    Estes são argumentos mais que suficientes para ficar como sua seguidora.
    Beijo da Nina

    ResponderExcluir
  17. Jussara querida

    Será que estou enganada ou fizemos aniversário, ontem? Do meu tenho certeza, e acho que foi o seu também. Se estiver certo, lhe transmito os meus Parabéns com desejo
    de muita saúde e alegrias.

    Agora esse post está lindo. Adorei essas poltronas e tudo que voce nos conta.

    beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  18. Eu acho um charme essas poltonas, sonho de consumo : Sentar com uma manta nas pernas, um livro bem interessante, um bule de chá e uns biscoitinhos... (ando vendo muito filme ?? rsrs)

    Essas poltronas que vc postou são lindas demais e a última, de babar com essa manta linda, ai, ai ...

    Bjus 1000 lindona e um finde resplandescente prá ti !!

    ResponderExcluir
  19. Ai que delícia viajar nos sonhos de criança Ju!!!
    Amiga, perdoe, ja estou participando agora, mas tinha certeza que havia feito inscrição, olhei e não achei.. estranho, devo estar caducando, rs

    bjus, lindo findi pra vc!!!

    ResponderExcluir
  20. Na casa de meu avô paterno tinha uma cadeira de balanço que eu ficava muito curiosa pra sentar... mas tinha medo dele, do meu avô, que era muito bravo e carrancudo. E a casa tinha aquele assoalho de madeira... que rangia enquanto a cadeira balançava.
    Livros de capa dura com letras douradas.... ah, como eu amava ver... tanto é que qdo comecei a trabalhar, uma das primeiras coisas que fui comprando aos poucos foram livros, romances, todos assim. Hoje são meu xodó e estão todos arrumadinhos na estante, lindos!!!

    Jussara, um lindo fim de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Jussara,
    Esfriou um pouco no Rio e vim buscar uma manta aqui.
    Levei lá para o resumo e já devolvo.
    Falei sobre o sorteio também.
    bjs, ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  22. Jussara, viajei aqui nas suas histórias, me lembrou a infância também. A casa dos outros sempre tinha algo que me chamava a atenção, às vezes assustava, às vezes aguçava a curiosidade...
    Tenho uma tia que tinha um sofá estilo napoleônico, sabe? De veludo vinho, madeira escura, ela gostava de falar que ele já havia pertencido ao cantor Nelson Gonçalves... Sei lá se era verdade, mas enfim, marcou.

    Gostei muito daqui, o Minas me chamou a atenção,porque me simpatizo muito pela comida, pelo artesanato, pelo jeitim... Aliás, minha mãe é mineirinha, deve ser por isso.
    E seu canto tem essa cara. Parabéns!

    Ah, vou ver lá como participar do seu sorteio também. Quero me inscrever, rs.
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Olá Jussara. Como gosto de ler seus escritos....as palavras deslizam suavemente quando estou lendo suas palavras. Amei seu post!
    Também tenho recordações de infância onde estantes repletas de livros estavam presentes e ansiava tê-los em minhas mãos para devorá-los.
    Na casa de minha avó paterna tinha várias estantes enormes no escritório de meu tio. E nestas estantes habitavam um verdadeiro tesouro. Quando ia passar férias por lá, passava o tempo inteiro neste escritório ( com o consentimento de meu tio, é claro) mergulhada na leitura. Meu tio vivia comprando livros. Quando não encontrava o que ele queria nas livrarias de João Pessoa, encomendava em Recife/PE. Bons tempos aqueles. Ele colecionava Readers Digest's e até hoje quando vejo uma revista, lembro da minha infância nas férias em João Pessoa, na casa de minha avó.
    Beijos, querida Jussara. Tenha uma semana bem feliz.


    baudaarteira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Saudades da infância. Minhas lembranças são de varandas enormes no sítio onde os mais velhos se sentavam para ver o tempo passar. Não sei se liam, mas sei que não tinham pressa em viver como hoje fazemos.

    ResponderExcluir
  25. Adoro esse tipo de poltronas!
    Gostei muito do teu blog. Talvez nos pudéssemos seguir?

    ResponderExcluir
  26. Oi Jussara,
    Que bom que gostou de participar dor resumo!
    Aproveitei e falei do sorteio.
    O trabalho da Keren é lindo, vou difícil montar aquela galeria!
    E quanto ao crochê...só admiro!
    Sou 'a' negação!rs
    bjs,ótima segunda e semana!

    ResponderExcluir
  27. já estou participando,achei lindo a sua idéia de colocar as fotos das poltronas e o literário solto...tive uma vontade imensa de navegar pelos livros sentada em uma delas :)

    ResponderExcluir
  28. Bom dia minha linda!

    Que delícia viajar nos sonhos de crianças e que poltronas lindas vc escolheu para ilustrar o post.
    Arrasou!!!

    Um beijo e um ótimo dia

    ResponderExcluir
  29. Que lindo
    Amei o seu blog,
    Estou seguindo e seu puder me segue.
    A minha fan Page está em baixo do Cbbloger
    http://meuestiloe.blogspot.com.br/
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  30. São mágicas estas lembranças da infância. Já voltou nestes lugares depois de adulta? As lembranças permanecem as mesmas??

    ResponderExcluir
  31. deliciosas poltronas que vontade que da de passar o dia nelas só lendo bom demais, vim participar do seu sorteio e te convidar a participar do meu concurso ficarei muito feliz com sua presença bjs!
    http://dinhapontocruz.blogspot.com.br/2013/05/3-concurso-cultural-coats-corrente-e.html

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!