Sopa de Chuva

Sopa de Chuva

Para Tia Léo, com carinho

Cantilena de chuva, frescor de manhã lavada… Sobre
o balcão os ingredientes para a sopa que aprendi com uma tia… faca afiada
para transformá-los em quadradinhos, ralo grosso para a cebola que se converte
em lágrimas translúcidas como gotas de chuva.
Depois da semana triste (que me afastou daqui) alegra
o coração a possibilidade do conforto oferecido pelo alimento quente que em
dias anteriores, secos e calorentos, nem seria cogitado.
A faca serrilhada transforma fatias de pão de forma
em quadrados menores… separo orégano e azeite para as torradas.
O vapor da pressão embaça o revestimento da cozinha
e o cheiro da mistura mágica galga os degraus e vai acordar meus filhos.
Sobre a mesa, fumegante, a sopa é rebatizada: Sopa
de Chuva.
Sopa de Chuva
Ingredientes
2 xícaras (chá) de carne (usei coxão mole moído, mas
músculo
         bem
limpo, aos quadradinhos, fica delicioso)
2 xícaras (chá) de feijão cozido (uso o carioquinha)
2 xícaras (chá) de abóbora madura picada em
quadradinhos
2 tomates picados em quadradinhos (com pele e
sementes)
2 cebolas médias picadas em quadradinhos
750 ml de caldo de carne (1 cubo de caldo de carne
dissolvido em
         750 ml
de água fervente)
1 pimenta cumari esmagada
¼ de xícara de óleo para refogar
Preparo
Aqueça o óleo na panela de pressão e ali refogue a
carne até ficar dourada. Acrescente os demais ingredientes, mexa e tampe a
panela de pressão. Depois que começar a chiar, marque 15 minutos e desligue.
Espere sair a pressão e sirva acompanhada de pão fresco ou torradas.
Serve 4 pratos com direito a repetição. 
Comente, comente… comente… vou amar!

Beijo&Carinho,

Jussara



26 thoughts on “Sopa de Chuva”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *