“Eu só quero que você me aqueça neste inverno...”

segunda-feira, julho 23, 2012 Jussara Neves Rezende 23 Comments


 Lembro-me de minha avó paterna (de quem falei aqui e acolá) sempre às voltas com uma bolsa de água quente. Ela se queixava sempre de um ou outro “incômodo”, não raras vezes de vários ao mesmo tempo. Eu era muito criança e às crianças, naquela época, não se davam informações sobre as doenças que incomodavam os adultos. Sei que ela tinha problemas com varizes porque vivia com faixas nas pernas e vez ou outra as retirava para curativos. Não era nada bonito de se ver e sei que desejei do mais profundo do meu coração de menina não ter aquelas feridas em momento algum da vida. Que ela sofria com varizes era visível, ninguém me falou a respeito, mas não creio que a bolsa de água quente fosse utilizada em razão desse problema... ou talvez fosse. Realmente não sei que “incômodos” levavam minha avó de cabelos brancos e olhos azuis a ferventar a água, encher a bolsa de borracha e envolvê-la numa fronha; quando se é criança muitas coisas chamam a atenção ao mesmo tempo e havia brincadeiras com os primos, “causos” contados pelo avô, um trecho do quintal ou alguma gaveta a ser explorada... de repente a bolsa de borracha estava de volta ao seu lugar, pendurada num prego atrás da porta da cozinha.








Minha tia Leo deve ter aprendido com a mãe a usar a tal bolsa, pois foi outra que vi – e ainda vejo – em diferentes ocasiões a atarraxar a tampa da bolsa a fim de socorrer uma de minhas primas com cólicas, ou torcicolos, ou quando fazia muito frio, a levar a bolsa para a própria cama a fim de aquecer os pés.


Foi por conselho dela que comprei a minha: minha coluna doía e ela me garantiu que colocar a bolsa quente no lugar da dor faria com que essa passasse mais rápido. Não é que funcionou? A bolsa nunca livrou-me das dores na coluna, mas sempre aliviou os sintomas.
Envolta numa fronha, como a de minha avó e a de minha tia, minha bolsa acompanhava meu descanso e em muitas ocasiões tornou possível uma segunda jornada de trabalho.
Hoje numa rápida pesquisa no Google é possível encontrar várias ideias de capas para as bolsas quentes, como estas lindas que descobri:








O que torna as minhas capas mais lindas que quaisquer outras, entretanto, é o fato de terem sido feitas pela minha filha adolescente – assim que descobriu o artesanato em feltro, há uns quatro ou cinco anos – sem ter recebido inspiração de lugar algum. Por iniciativa própria, no desejo de livrar-me da necessidade de envolver as bolsas e a seguir apenas a própria motivação, criou as capinhas abaixo num estilo muito dela que aparece no jogo americano que já mostrei aqui:


  
Nestes dias em que as montanhas estão envoltas em névoa, o termômetro a marcar em torno de 2 ou 3 graus pela manhã, lembrei-me das bolsas em suas capinhas alegres que evocam o carinho de minha filha e prometem apenas coisas boas: aconchego no frio e alívio da dor.


Comente, comente, comente... vou amar!

Beijo&Carinho,

Jussara




Recadinho:

Ficarei ausente em torno de uma semana, dez dias... breve estarei de volta. Não me abandone, está bem?








23 comentários:

  1. Quando faz frio, nada melhor e a usamos até para a caminha da CUCA, a cachorrinha!! Boas férias, beijos, chica

    ResponderExcluir
  2. Ju querida, essas bolsinhas térmicas aqui na minha família passam de geração a geração. Sempre minhas tias me dizem que aliviam as dores. Como sofro com enxaquecas, um dia fui orientada a colocar a bolsinha em cima do local da dor, o resultado foi bem bacana... consegui relaxar, me acalmou mais, diminuiu os sintomas e adormeci. Agora essa bolsinha não sai de minha casa! Minha filhota quando cai e machuca a testa, ela mesma vai até a cozinha e aponta para bolsa, - risos -, para pegarmos e massagear o local da queda. Virou um item indispensável. E nunca tinha pensando em bolsinha para vestir-lá, amei a ideia... se sua princesa morasse perto, queria uma capinha mega afetuosa dessas!

    Ju estarei esperando seu retorno.
    Beijinhos carinhosos.
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  3. BOM DIA, COLEGA!
    NOSSA... MINHA BISAVÓ TINHA UM SISTEMA MALUCO PRA AQUECERMOS OS PÉS... ELA TINHA FOGÃO DE LENHA DENTRO DE CASA E AQUELES BACIÕES ANTIGOS DE FERRO, SABE?
    TINHA UM PRA LAVAR O ROSTO E UM DE TOMAR BANHO.
    ELA PEGAVA A BACIA MAIOR, PUNHA BRASAS DENTRO E PUNHA NO CHÃO DA SALA, QUE NA ÉPOCA, ERA SÓ DE CONCRETO...
    AO REDOR DA BACIA, FAZÍAMOS UMA RODA DE CADEIRA E SENTÁVAMOS COM OS PÉS ACIMA DO CALOR DAS BRASAS... KKK
    FAZ TEMPO ISSO, HEIN? KKK
    COLEGA... NÃO DEIXE DE VER OS RESULTADOS DOS CONCURSOS CULTURAIS E, PARTICIPE DO MEU PRIMEIRO SORTEIO. OS PRÊMIOS SÃO LINDAS RECICLAGENS FEITAS POR MIM. TEM UM LINK NA BARRA LATERAL DIREITA, BEM NO INÍCIO DA PÁGINA. FAÇO MUITO GOSTO QUE VOCÊ PARTICIPE. DE REPENTE, O CONJUNTO SAI AÍ PRA MG, JÁ IMAGINOU??? KKK
    TENHA UMA LINDA SEMANA!

    ResponderExcluir
  4. Oi Jussara. Gostei muito do post. Sabe, minha mãe tem uma bolsa dessa e sempre está socorrendo alguém..rsrs..
    Olha, quando vc colocou sobre os 2, 3 graus aí...pensei...com um clima desses , eu morreria...rss..aqui, a coisa é diferente...quando esfria está nos 22 graus.
    Lindas as capinhas feitas por sua filha. Parabéns pra ela, tão prendada! Puxou a mãe, não é ?

    Beijos e feliz semana nas maõs do Senhor. Vou sentir saudades...volte logo, viu?


    Isabel Ramalho

    ResponderExcluir
  5. Que lindas lembranças! Não tive a sorte de conviver com os avós, mas algumas coisas são hereditárias...Preparar remedinhos caseiros é herança da avó materna, parteira e curiosa de homeopatias...Benzia homens, animais e tempestades, com sua sabedoria interiorana.
    Lindas as capinhas das bolsas!

    Bjs,Ana

    ResponderExcluir
  6. Lembranças gostosas e capinhas pra lá de estilosas pra essa nossa velha companheira!!

    Beijokinhas e excelente semana!

    Luiza Mallmann
    decorarsustentavel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Jussara,
    Me lembro de ver estas bolsas em casa, mas nunca vi sendo usadas.
    Meu marido está com um problema de coluna imenso e o terapeuta dele recomendou as tais bolsas, mas esquecemos de comprar. Vou procurar por uma.
    xoxo

    SORTEIO DOS SONHOS!
    http://www.gosto-disto.com/2012/07/sorteio-dos-sonhos-dreams-giveway.html

    ResponderExcluir
  8. oi Ju

    Adoro as bolsas, usava muito qdo tinha cólicas. As capinhas que vc posteou estão um arraso, amei a criatividade da filhota.
    Parei de usar a bolsa qdo fiz alguma besteira inventando de esquenta-la no micro e derreteu o plástico da tampa..rs
    É que eu tenho outra bolsinha de gel que coloca um minutinho no micro e quebra o galho mais rapidamente que esta tradicional, mas não me perdoo por ter feito esta bobagem,rs

    volte com as baterias recarregadas, kkk

    bjins

    ResponderExcluir
  9. Oi Jussara, adorei seu comentario lá no blog, tbm gostei de vir te visitar e ver esses lindos trabalhos que sua filhota faz..Tenha uma otima semana, bjs

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Jussara!

    Mais um viagem om este teu post. Mas a bolsa de água quente de minha avó não tinha capinha.
    Todas as capas são lindas mas a sua filhota tem aquele algo mais que a torna especial.

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Ola querida amiga,
    Hoje é apenas para agradecer a sua carinhosa presença no meu cantinho.
    Muito obrigada!
    Uma linda noite para voce.
    abraço muito amigo
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  12. Oi Ju!
    Adoro uma bolsa de água quente também!
    A minha não tem capinha...
    Aqui no sul como faz muito frio até garrafa pet vira bolsa de água quente rsrs
    Adorei as capinhas que a sua filhota fez! Super criativa ela!
    bjus

    ResponderExcluir
  13. Que gracinha essas capas...

    Não me lembro de bolsas, mas me lembro de minha bisavó que usava um sapato de crochê de lã pra aquecer os pés... saudades da nonna....

    Não abandonamos não.... fique tranquila!
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi Jussara querida, tudo bem?

    Que delícia de post, eu voltei as

    minhas lembranças também.

    Essas capinhas que sua filha fez, ficaram um encanto.

    Dê os Parabéns a ela.

    um beijo carinhoso

    Regina Célia

    ResponderExcluir
  15. Olá como vai vc...Adorei seu blog é tudo muito fofo e seus trabalhos são lindos, parabéns bjs. e um lindo dia!

    ResponderExcluir
  16. Ju, adorei esse post,pensava que eu,estava com mania de gente velha...rsrs..
    Fofa essa capinha que a Angela fez,ótima idéia.
    No inverno eu uso muito, meus pés viram uns "pé-coles".
    Besitos

    ResponderExcluir
  17. lindas bolsas...
    lindas capas...


    filhadejose.blogspot.com
    Ana Virgínia

    ResponderExcluir
  18. Oi Jussara. Que bom encontrar uma conterrânea aqui na blogosfera. Adorei seu blog e já estou seguindo. As bolsas nunca tiveram poder curativa mas alivia as dores com toda certeza. Chique demais essas capinhas. E a criação da sua filhota ficou belíssima. Tenha um ótimo final de semana. Abraços com carinho
    Gracita

    ResponderExcluir
  19. Oi Jussara!!! Sempre achei super legais estas bolsas de água quente, mas aqui em casa nunca usamos, mas depois de ver estas capas lindas, deu até vontade!!!! Grande abraço Jussara!!! Dei uma sumida para descansar mas estou voltando!!!
    www.arquitrecos.com

    ResponderExcluir
  20. Ju, eu tenho uma bolsinha alaranjada, comprada na farmácia, com gel dentro, que pode ser colocado tanto na água quente, como na geladeira. Quebra um galhão! Até quando viajo eu levo...rs Sou uma mãe um pouquinho neurótica...rs Acho que vou copiar a ideia de sua filha, ficaram lindas as capas de feltro. Quanto ao visto americano, é um alívio estar com ele em mãos e agora poder ter calma para programar a viagem. Ainda não temos nada marcado. E você não sabe: na última hora, quase véspera de ir ao consulado, o Sr. Cônsul resolveu convocar as duas. Por fim, a família toda teve que ir pra São Paulo. Mas já passou...ufa!! Abç

    ResponderExcluir
  21. Oi, Jussara! Muito bacana você lembrar que as crianças não tinham muitas informações sobre dores ou doenças dos mais velhos. Era assim mesmo. As crianças tinham que olhar e só imaginar o que deveria estar acontecendo. Também uso bolsa quente ou fria, daquelas que vêm com gel e é só aquecer ou gelar conforme a necessidade. Vou providenciar uma capinha, fica muito mais bonito. As suas estão muito fofas, que carinho esta filhota, hein? Parabéns! Beijinho, bom passeio, ótima semana! Eunice Maria.
    http://efacilserfelizartesanais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Ju passando pra desejar dias de muita PAZ e LUZ.
    Beijinhos de muito afeto.
    Lorena Viana

    ResponderExcluir
  23. Que post lindo! É muito bom dividir com você esse gostinho da sua infância! E a capinha que sua filha fez? que lindaaa! Ela gosta de artesanato né? O quadrinho bordado dos 15 anos, essa capinha... bom demais! Super bjo flor, fica com Deus!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário :)
Volte sempre!