Um símbolo novo e muito antigo

Um símbolo novo e muito antigo

A ideia não é nova, nem é minha. Remonta a uns milhares de anos, quando o povo hebreu fugiu do Egito onde havia se tornado escravo. Depois de Faraó haver recusado toda e qualquer argumentação em favor da liberdade do povo escolhido de Deus – nem circunstâncias calamitosas o haviam convencido – foi advertido sobre um anjo da morte que passaria por aquela terra levando todos os primogênitos. Faraó deu de ombros, como se não tivesse poder o Deus Todo Poderoso. Naquela noite em que o anjo passou os judeus ceavam, vestidos para a fuga; os umbrais de suas portas marcados com o sangue de um cordeiro, sinal escolhido por Deus para identificar aqueles que lhe pertenciam e que, confiantes, se colocavam sob Sua proteção. Nessas casas o anjo não entrou; de todas as outras, porém, sem a marca do sangue, começaram a se ouvir choros e gemidos pela morte dos primogênitos. Era o momento oportuno para a fuga: liderado por Moisés o povo de Deus atravessou o mar! O Faraó e seu exército, que vinham em seu encalço, morreram afogados.
A palavra Páscoa – de origem hebraica (“Pessach”) – está relacionada a essa história e tem o significado de “passagem”: pelo mar e do estado de escravidão para a liberdade.
Quando Jesus Cristo foi morto e ressuscitou a Páscoa passou a ter, para os seus seguidores, um sentido especial: de “passagem”, sim, mas da morte para a vida, da escravidão do pecado para a liberdade da graça de Deus.
Comemoramos o Natal sem atentar para o fato de que aquele bebezinho santo – parte de Deus – veio ao mundo apenas para morrer. Se existisse alguém totalmente sem pecado que pudesse ser sacrificado em lugar dos demais (como o cordeiro costumava ser), então Jesus não precisaria ter nascido entre os homens. Mas não havia, nem há: Jesus é o Cordeiro de Deus que veio ao mundo para se oferecer em sacrifício pela humanidade. Assim, embora pecadores, se nos revestimos com o seu sangue e cremos no seu poder redentor – como os judeus naquela noite no Egito – estamos livres da morte eterna, remidos, perdoados, tornados filhos de Deus. Como o Pai ressuscitou ao Filho, ao terceiro dia, nós, que pelo sangue de Jesus – o Cordeiro – nos tornamos filhos, seremos também ressuscitados por Ele. Isso é Páscoa!
Como forma de comemorá-la foi a humanidade criando símbolos representativos de vida e liberdade: ovos, pombos, pássaros e coelhos (estes últimos em razão de sua fertilidade, que remete à vida). Para deixar tudo mais festivo os símbolos passaram a ser confeccionados em chocolate (delícia) e o comércio fez a festa. Coelhos começaram a produzir ovos de chocolate em grande escala e, embora sem entender direito qual a relação entre coelhos e ovos, as crianças passaram a procurar pelos ovos de chocolate escondidos por esse coelho travesso. O próprio chocolate acabou por se tornar um símbolo de Páscoa e eu mesma – que conheço a história verdadeira desde sempre – farei docinhos de chocolate com coco e leite condensado (que aprendi com a Marly) para comemorar junto dos meus queridos.
Nada tenho contra coelhos, ovos, pombos e pássaros. Ao contrário, considero-os símbolos encantadores de uma história com toques de maravilhoso, embora real. Acredito, entretanto, que o antigo símbolo, o do cordeiro, pode muito bem conviver com os demais. O cordeirinho (ou a ovelha) tão digno de se tornar objeto de decoração quanto os outros.
Assim, quando as crianças perguntarem a razão desse novo símbolo, poderemos contar a verdadeira história. Então a Páscoa – principalmente em nossos corações – também será mais real.
Com a finalidade de demonstrar a viabilidade do cordeiro (ou ovelha) como símbolo da Páscoa, foi que reuni essas imagens com a ajuda do Google:

Toda molinha – para a criança abraçar antes de dormir
Não é mesmo um símbolo lindo? E verdadeiramente cristão. Fica a dica… 😉
Abraço!



31 thoughts on “Um símbolo novo e muito antigo”

  • Adorei, Jussara… um lindo início da Semana Santa. Aqui todo mundo pensa em aproveitar os dias livres pra viajar (no Peru temos feriado quinta e sexta)mas poucos lembram do verdadero significado das datas e o que estas comemoram. Ideal pra mim é descansar, relaxar, sim… mas sem esquecer que na sexta lembramos da morte de Jesus, e que no domingo é Pascoa de Resurreçao… e nao só de ovinhos de chocolate 😉 Beijao!

  • BOM DIA JUSSARA!! SUAS PALAVRAS FORAM MUITO BEM COLOCADAS. EU TAMBÉM NÃO TENHO NADA CONTRA OS SIMBOLISMOS PASCAIS CRIADOS PELOS HOMENS, SÓ O QUE NÃO GOSTO, É DE QUE A DATA SEJA MERAMENTE UM DIA MUITO LUCRATIVO PRO COMÉRCIO. NÃO HÁ O QUE FAZER A RESPEITO DISSO, INFELIZMENTE, É O QUE ACONTECE, MAS QUE É UMA PENA NÃO FAZEREM MAIS QUESTÃO DE LEMBRAR O REAL MOTIVO DA DATA DE PÁSCOA, AH DÁ.
    EXCELENTE SEMANA PRA VOCÊ!!

  • Lindo, Ju!
    Vale a pena sempre voltar à origem da palavra, e comemorar a data lembrando seu verdadeiro significado. Deus se alegra com isso. Quero tirar um tempo pra ficar a sós com Ele… só agradecendo por Ele ter vindo como o Cordeiro, que tirou o pecado do mundo.
    Obrigada pelo post!

  • Bem bacana a desmitificação do significado da Páscoa. Eu entendia que na Páscoa se comemorava a ressureição de Cristo. Agora eu sei que o sentido é mais amplo, de passagem da morte para a vida. Porque você citou o Natal?

    • Porque o sentido do Natal só se completa com o sentido da Páscoa. O bebezinho santo nasceu para a remissão dos pecados humanos. Não mataram Jesus – Ele nasceu para isso. Ele se ofereceu em nosso lugar, para nos tornar aceitáveis diante de Deus. Não é para amar apaixonadamente esse Deus?
      Abraço!

  • A verdadeira história tem sempre que ser lembrada! Contada aqui, deliciosamente, faz relembrar o que é esquecido na correria diária…
    E essas ovelhas fofas vão inspirar muitas arteiras…
    Bjs,Ana

  • Como sempre, Jussara, muito edificante seu texto! Só o Cordeiro Santo pode tirar o pecado do mundo, justo o cordeiro aquele bichinho ingênuo, meigo e sensível. A figura da ovelha me encabula, quando o Senhor nos chama de ovelhas é fácil compreender, pois somos tão sem senso de direção quanto elas, totalmente vulneráveis aos ataques do lobo mau etc, mas quando o Bom Pastor se torna um cordeiro… é maravilhoso pensar que ele realmente se colocou no nosso lugar e foi o sacrifício que deveríamos ter sido. Isso é amor d+ , além da minha limitada compreensão!

  • Oi Jussara, é a Vi, aquelas ovelhas cupcakes é tudo de bom!
    Eu acho as ovelhas mais fofinhas, e essa de biscuit ficou D+
    Amei o texto, precisamos nos lembrar do real sentido da Pascoa, ensinar de geração a geração, afinal quando Deus instituía uma data comemorativa, era para que o povo se lembra-se da misericórdia eterna de Deus, do seu amor, e do livramento que Ele da para os que creem Nele.
    Obrigada por colocar fotos da ovelha que eu fiz em um texto tão edificante.
    Muitos beijos,Vi

  • Fiquei com saudade agora daquela ovelhinha que você tinha, e que teve seu pobre corpinho quebrado.. lembra??? Tadinha! Mas vale lembrar que você tem aquela de pelucia (que NÃO é um macaco!! rsrsrs)

  • Ju,lindo seu texto e muito bem explicado.
    Aqui não vemos muito comércio de ovos como no Brasil,que é uma exploração e um sufocamento nas lojas.
    Mas tem coelho, galinha,pintinho e ovinhos como símbolos da Páscoa.
    Aqui em casa celebramos a Páscoa do Senhor,sabemos o real significado e procuramos transmitir aos filhos,o que é o mais importante.
    Besitos

  • Jussara! Queria guardar seu texto p mostrar p minhas futuras filhas e passar de geração em geração (junto de cordeirinhos e chocolates!).
    Sem falar q é uma honra p o "nó na linha" ter a nossa ovelinha marcando presença aqui!!!
    Feliz Pascoa!
    Um abracao!

  • Lindo texto e super bem escrito como sempre.
    As ovelhinhas são lindas. Todas sem exceção:)

    "PÁSCOA,
    Ressurreição do sorriso, da alegria de viver, do amor.
    Ressurreição da amizade e da vontade de ser feliz.
    Ressurreição dos sonhos, das lembranças.
    E de uma verdade que está acima dos ovos de chocolate ou até dos coelhinhos.
    Cristo morreu, mas ressuscitou.
    E fez isso somente para nos ensinar a matar os nossos piores defeitos e ressuscitar as maiores virtudes sepultadas no íntimo de nossos corações.
    Que esta seja a verdade de sua Páscoa."
    Um beijo carinhoso

  • Jussara querida, lindo o texto, em uma linguagem rica em conteúdo e detalhes! Conheço a história, mas vejo contada de muitas formas, porém essa, falou bem do cordeiro, um simblo que muitas vezes é esquecido. E lembra a fidelidade e confiança. Desde de pequenina, minha família se preocupava – antes de se lambuzar de ovinhos, ou reunir a família como de costume para ceiar -, de repassar os ensinamentos e o real significado daquela semana. Na hora, lembro que ficava triste por saber que "Deus" havia morrido, entendia assim na época. Logo após vinha a história do coelhinho, dos ovinhos, do cordeirinho, da vela sempre acesa na mesa da minha tia, lá onde nos reuniamos. Mas no domingo faziamos diversas brincadeiras a procura dos ovos e celbravamos a vida. Então acho super importante , saber o significado dos simbolos e conhecer a história. Apenas tem que saber o melhor modo de falar com os pequenos!
    Páscoa, semana santa é um desejo ainda maior de esperança e renovação. Pra mim é reflexão, ver se o caminho que estou indo é realmente o correto.
    Uma maravilhosa semana.
    Beijinho no coração!
    Lorena Viana

  • Jussara:
    Explicação singela e verdadeira do sentido da Páscoa. Que bom! E que maravilha se as mães passassem para os filhos uma noção verdadeira, espiritual (pode ser gostosa, por que não?), mas, sobretudo, da LUZ que Jesus traz a todos nós, para iluminar nossos caminhos que, também, têm sua 'sexta-feira da Paixão'… Evitaria a confusão até hilária que L.F. Veríssimo coloca em sua crônica sobre "O que é a Páscoa?". Jussara, para você, para seus 'filhotes-filhões', sua mãe, todos os seus, meu desejo sincero de que a LUZ de Jesus Cristo continue iluminando sua vida com muita paz, força, coragem, transparência e AMOR! Meu carinhoso abraço. "sor" Pilar.

  • Oi JUuu,faltou as minhas ovelhas de EVA nesta postagem eim,rsrsrs,Então,eu gostei sim,porque ela ficou feliz e são estas coisas que nos gratificam e nos dão força para para continuar a ser o que somos.E vc minha flor,tá curtindo o feriadinho,eu estou em casa com a familia é tão bommm…Bela páscoa para vc …Li.

  • Oi, Ju,

    Eu não canso de dizer: Gosto muito de ver alguém registrando o sentido real de festas como O Natal e a Páscoa, já que neste mundo de superficialidades em que vivemos o consumismo encobre tudo, rsrs.
    O pior é que o povo deixa de se beneficiar das muitas esperanças e consolos existentes por trás das "tradições", não é verdade?
    Eu até pensei em falar também sobre tudo isso, explicando inclusive que na língua inglesa há palavras específicas, que se associam à Páscoa judaica e à cristã, que são Passover e Easter, rsrs. Porém, acabei no atropelo e só consegui falar o mínimo, nos meus últimos posts, rsrs.
    Muito obrigada pela menção a mim, me senti muito honrada. E desculpe-me não ter vindo aqui antes, tive dias de corre-corre e pretendia visitar os blogs que sigo amanhã, rsrs.

    Beijoca e excelente Páscoa para você e os seus queridos!

  • Querida Jussara!
    Engraçado que como você, também me lembrei, durante a semana santa, de todas estas sagradas estórias e suas simbologias pascais,tão importantes para a nossa fé cristã… E também do cordeiro,é claro! Fiz até uma pequenina "árvore da Páscoa" com os meus meninos ( na verdade a "árvore" é um galho seco aqui do quintal com fuxicos e alguns pequeninos ovinhos…Rs…)E ao redor dela, coloquei alguns símbolos da Páscoa com outros detalhes da minha própria imaginação… Mas ficou faltando mesmo o querido cordeiro… Quem sabe na próxima vez consigo adicionar esta maravilhosa idéia?
    Mas hoje venho até aqui para te desejar uma Páscoa de muita paz e alegria, lembrando que é tempo também de reflexão,agradecimento e acima de tudo de celebração, pelo Grande Amor do Pai através da ressurreição de jesus… Um lindo dia de Páscoa pra ti,minha querida,no aconchego da tua família!
    Beijos doces!!!
    Teresa

  • Oi, Ju,

    Fiquei tão feliz com o seu comentário! Sim, pois é tão bom saber que contribuímos de algum modo para adoçar um pouquinho os dias atribulados de alguém! rsrs.
    Espero que o seu pai se recupere plenamente, e possa voltar em breve à normalidade da vida dele.

    Um beijo e muito obrigada por me dar a conhecer este pequeno episódio de sua vida!

  • Ju querida, não podia esquecer de te visitar desejar hoje e sempre que você tenham uma ótima páscoa, que renasça bons sentimentos, aflorem boas ideias e grandes inspirações.
    Grande beijo!
    Tenham uma semana de muita paz e luz!
    Lorena Viana

  • Pessoas queridas, que bom que concordam comigo sobre resgatar o verdadeiro sentido da Páscoa! Comendo chocolate… por que não? rs.
    Os elogios ao meu texto sempre agradam meu coração. Obrigada!
    Sidnei, falei sobre o Natal porque é na Páscoa que o sentido dele se faz completo. O Menino-Deus nasceu, sim, mas para morrer em nosso lugar. Assim, na Páscoa, quando comemoramos sua morte e ressurreição, é que verdadeiramente faz sentido que Ele tenha vindo ao mundo…
    … e, filha, achei o máximo você dizer que o post está a minha cara… rs!
    Beijo&Carinho da
    Jussara

  • Jussara, não é necessário falar mais nada! seus amigos disseram tudo! Mas quero lhe dizer que, você sabe, gosto de sua maneira de 'sentir' e expressar-se sobre tudo, especialmente agora sobre a grande data da Ressurreição de Jesus, como você bem disse, "passagem da morte para a VIDA!" Que seja assim em todos os dias que nos restam por aqui… Meu abraço cheio de afeto, desejando-lhe e aos seus uma vida plena do Amor de Jesus e de muita paz! Meu afeto e amizade, sempre. "Sor" Pilar

  • Você fez uma bela seleção de imagens. Realmente, o verdadeiro sentido da comemoração fica apagado pelos ovos de chocolate porque não é, na maioria das vezes, passado às crianças. Associá-lo, com verdade, à Páscoa, faria com que a morte e ressurreição de Cristo, para nosso benefício, nunca fossem ignoradas. Bjs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *