Recent Posts

15 dicas para interpretar textos

15 dicas para interpretar textos

Não se intimide com o tamanho do texto. Leia-o todo, procurando ter uma visão geral do assunto. Se encontrar palavras desconhecidas, mas conseguir entender o que está sendo dito, não interrompa a leitura, vá até o fim. Às vezes não é necessário utilizar o dicionário, […]

A relação autor-texto-leitor

A relação autor-texto-leitor

Ter em mente que a leitura é uma troca entre quem escreve e quem lê, pode ajudá-lo(a) a entender melhor os textos que lê. O autor não é 100% dono daquilo que escreve a não ser que nunca publique o que escreveu. Uma vez publicado, […]

As funções da linguagem

As funções da linguagem

Pode parecer um contrassenso que em pleno século XXI, quando as mensagens viajam com uma rapidez impressionante através de plataformas e aplicativos virtuais, estejamos ainda preocupados com leitura e escrita. Não é. Mais do que nunca descalabros linguísticos se tornaram evidentes, justamente em consequência da exposição promovida pela mídia. Mais do que nunca precisamos nos expressar com clareza, entendendo a Língua como um produto de cultura: dom natural, sim, mas construído em sociedade, seguindo uma série de convenções e regras comuns aos membros de uma dada comunidade, visando à comunicação. (mais…)

Estratégias de leitura

Estratégias de leitura

Assim como os objetivos do escritor, ao escrever, determinam as funções da linguagem, as intenções com que o leitor se aproxima do texto norteiam, também, o tipo de abordagem que ele deve escolher para a leitura: mais ou menos atenta, mais rápida ou mais demorada, […]

6 livros de poesia para ler no outono

6 livros de poesia para ler no outono

A tarde foi quente, mas agora (são 18h25) um brisa fresca entra pela janela de minha biblioteca, onde escrevo à escrivaninha. A porta francesa, à minha direita, está aberta e posso ver o céu se tingir com as nuances da noite. Entramos, definitivamente, no outono, […]

O uso do Ponto e Vírgula

O uso do Ponto e Vírgula

Quando sua frase está muito extensa, mas você prefere dar continuidade ao raciocínio que está sendo desenvolvido em vez de colocar um ponto final e recomeçar, você pode optar por usar ponto e vírgula (;), de modo a deixar uma separação mais clara entre as orações, já que ele implica em uma pausa maior: (mais…)

O uso do travessão em vez de vírgulas

O uso do travessão em vez de vírgulas

Em um texto longo, em que você precisa usar muitas vezes a vírgula, usar travessões pode ser uma opção interessante, pois mostra que você domina diferentes formas de se expressar por escrito. Além disso, o uso dos travessões, onde seriam usadas vírgulas, pode facilitar o […]

O bom uso da vírgula

O bom uso da vírgula

O que você escreve precisa fazer sentido de modo a levar seu leitor a compreender o que você quis transmitir.  Querer dizer não é o mesmo que dizer de fato. Por menor que seja seu texto, assim como uma resposta dissertativa numa prova, ele deve […]

Razão para comemorar a Páscoa

Razão para comemorar a Páscoa

Aborrece-me a frase batida e mal refletida/escrita: “Nem Jesus Cristo agradou a todos e acabaram matando Ele”.

É incontestável que houve um contexto histórico e religioso que acabou levando à morte de Jesus, mas o que a maioria parece esquecer é que Ele veio ao mundo para isso! Sua morte não foi um acidente de percurso. Havia “trocentas” profecias a respeito da vinda do Messias, do Cordeiro cujo sangue seria derramado em favor dos homens, eliminando para sempre a antiga exigência de se sacrificar cordeiros para, momentaneamente, obter perdão pelos pecados. (mais…)

Ler não é opcional. Escrever também não é.

Ler não é opcional. Escrever também não é.

Ler e escrever não são opções na vida, como se fosse possível decidir não ler coisa nenhuma (ah, eu não gosto de ler!), nem escrever nada (porque não preciso, etc.) e, ainda assim, obter tanto sucesso quanto aqueles que leem e escrevem diariamente.


Sobre a Autora

Sobre a Autora

Sobre a Autora

Jussara acredita que toda sua história talvez possa ser resumida pela paixão que nutre, desde sempre, pelos livros e pelas infinitas possibilidades das palavras.

Assim, cada etapa de seu percurso acadêmico focalizou suas reflexões sobre o universo das literaturas de expressão portuguesa, e seus livros – literários e de crítica literária – nasceram como extensões dessas reflexões.

Atualmente, além deste site, ocupa-se com o trabalho de revisão e editoração de livros e com a assessoria prestada a escritores, profissionais ou não, quanto à correção e ao estilo de seus textos.

Endereço para visualizar seu curriculum vitae: <http://lattes.cnpq.br/4493491164738283>.